A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 16 de Janeiro de 2018

17/09/2008 09:58

Adolescentes já haviam roubado 4 malotes na Capital

Redação

O adolescente preso por envolvimento no assalto frustrado a empresa Egelte, confessou ter roubado pelo menos quatro outros malotes em Campo Grande, neste ano. Ele agia com ajuda de outro garoto, que também foi preso por participação na tentativa de roubo de malote, que levou ao assassinato do funcionário da Egelte, Nicanor Martins, de 43 anos.

 

O rapaz contou detalhes sobre um outro roubo da dupla, mas desta vez, bem sucedido. Eles conseguiram levar R$ 16 mil de uma mulher, no Comper da avenida Eduardo Elias Zahran.

 

Com o dinheiro dos assaltos, os dois adolescentes compraram uma moto e um gol, já apreendidos pela Polícia.

O irmão de um deles, Isaias, de 22 anos, também foi preso e assumiu ter assassinado Nicanor. Segundo ele, a tentariva de roubo a Egelte foi a primeira vez que apoiou uma ação dos dois adolescentes.

 

A Derf (Delegacia Especializada de Roubos e Furtos) orienta os empresários sobre como evitar esse tipo de roubo. Segundo a Polícia, essas ações têm a participação de pessoas que se passam por clientes de bancos e ficam nas agências acompanhando a rotina de entrega de malotes.

 

A dica é evitar fazer as transações sempre no mesmo horário e não mandar funcionários uniformizados, para complicar a identificação das empresas pelos assaltantes.

 

O roubo de malotes vem aumentando em Campo Grande, alerta a Derf. O mais recente ocorreu no dia 15 de setembro, com um prejuízo grande.

 

Ladrões levaram R$ 84 mil de uma funcionária que saía da agência da Caixa Econômica, na avenida Bandeirantes. O responsável por esse roubo ainda não foi identificado.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions