A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

05/09/2016 06:56

Agentes penitenciários paralisam atividades e pedem mais segurança

Luana Rodrigues

Os mais de 1380 agentes penitenciários irão cruzar os braços nesta segunda-feira (05), em Mato Grosso do Sul. Segundo a categoria, o objetivo da paralisação é chamar a atenção da Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) e do governo do Estado sobre a necessidade de garantir mais segurança aos servidores do sistema.

De acordo com o Sinsap (Sindicato dos Servidores da Administração Penitenciária de Mato Grosso do Sul), o ato é decorrente de várias situações de ameaça, em que os agentes ficam de mãos atadas. “Exemplo disso é que por força de facções criminosas, a quase um ano não é feita uma fiscalização no estabelecimento penal de Dourados”, explica o presidente do sindicato, André Luiz Santiago.

Além de constantes ameaças de violência por parte dos internos e de riscos de rebeliões, os agentes protestam contra o ataque à vida de um agente na quarta-feira (31) passada.

Anderson Antonio Bogas Severi, 34, que trabalha na penitenciária de segurança máxima de Naviraí, estava em uma Honda Biz e tinha acabado de deixar o filho em uma creche na Rua Ponta Porã, quando foi atacado a tiros por quatro homens que estavam em duas motos. O atentado foi a cem metros da delegacia da Polícia Civil. Pelo menos cinco tiros atingiram o servidor.

“Neste dia vamos parar em solidariedade ao colega, mas não descartamos a possibilidade de greve geral ainda este mês”, relatou Santiago

Braços cruzados – De acordo com o Sinsap, durante o dia de hoje haverá redução de todas as atividades da rotinas das cadeias. “Não vamos soltar presos para ir a escola, setor de trabalho ou atendimento psicossocial, haverá somente atendimentos essenciais como alimentação, atendimentos de saúde e banho de sol, previstos em lei”, disse.

A expectativa do sindicato é que todos os agentes penitenciários do Estado participem da manifestação. Um ato de manifesto em frente ao presídio de segurança Máxima de Campo Grande também está previsto para hoje.

Depois de alerta, agentes penitenciários farão manifestação na segunda
A situação com a qual os agentes penitenciários de Mato Grosso do Sul estão sujeitos nos últimos meses por causa de atos realizados pelo PCC (Primeir...
Sindicato alerta agentes para redobrarem cuidados com a segurança pessoal
Na tarde desta sexta-feira (2), o Sinsap (Sindicato dos Servidores da Administração Penitenciaria do Estado de Mato Grosso do Sul) divulgou um alerta...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions