A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

05/08/2010 13:59

Anvisa suspende venda de laxante e sabonete líquido

Redação

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) aplicou interdição cautelar a uma marca de sabonete e suspendeu a comercialização de um laxante. As medidas valem para todo o país e foram publicadas no Diário Oficial de quarta-feira.

O sabonete líquido Clara Lux, produzido pela empresa Biolux, recebeu interdição no lote número 240. Segundo a Anivsa, o produto apresentou desvio de qualidade.

A fabricação, distribuição e a venda do laxante Lasene foi suspensa pela agência. O produto, de responsabilidade da empresa Cimed, apresentou teor da substância Senosídeo B abaixo do determinado pela vigilância sanitária. A substância é o princípio ativo do medicamento.

A interdição é válida por 90 dias, período para que seja apresentado laudo de contraprova. Durante esse prazo, os lotes interditados não podem ser comercializados nem consumidos.

Já no caso da suspensão, o fabricante fica responsável por recolher o produto do mercado. Quem tiver adquirido o lote suspenso do produto, deve interromper o uso.

Recesso de fim de ano começa nesta semana no Judiciário e Legislativo
Na reta final de 2017, para alguns servidores a "folguinha" das festas começa mais cedo. Em orgãos Estaduais e Federais de Mato Grosso do Sul, tem re...
Curso de instrutor de trânsito do Detran oferece 50 vagas na Capital
O Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul) está com inscrições abertas para o curso de Formação de Instrutor de Trânsito e...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions