A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

19/06/2015 22:30

Anvisa suspende venda e uso de lotes de antibiótico e de álcool em gel

Lúcio Borges

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) determinou hoje (19) a suspensão, em todo o país, da distribuição, comercialização e do uso de lotes de um antibiótico e de álcool em gel. A suspensão e o uso vale para o saneante álcool em gel Zulu, de 500 g, fabricado pela Companhia Nacional do Álcool, e ao remédio Cloridrato de Ciprofloxacino.

Conforme documento da Agência, o lote do álcool é o 88, fabricado em 09/2014 e válido por 24 meses, que tem um laudo de contraprova que confirmou os resultados insatisfatórios obtidos na análise inicial para os ensaios de pH – medida físico-química potencial de hidrogênio que indica a acidez, neutralidade ou alcalinidade de uma substância – e rotulagem primária. O laudo é emitido pela Diretoria do Laboratório Central de Saúde Pública do Distrito Federal.

 

"A empresa fará o recolhimento de todo o lote do produto ainda existente no mercado", aponta a responsável técnica da Companhia Nacional do Álcool, Patrícia Brigatti.

Antibiotico

Já o antibiotico tem o lote 15A70W, com validade para 01/2017, do medicamento cloridrato de ciprofloxacino, comprimidos de 500 mg, fabricado pelo Laboratório Prati-Donaduzzi. A empresa, voluntariamente, comunicou à Anvisa o recolhimento do produto após verificar a presença de corpo estranho em um comprimido.

O cloridrato de ciprofloxacino, em comprimidos revestidos, é indicado no tratamento de infecções causadas por microrganismos sensíveis, como em infecções de ouvido, rins, pele, trato respiratório, órgãos genitais, cavidade abdominal, ossos, articulações e septicemia.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions