A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

18/07/2009 08:52

Apenas 19 cidades de MS têm Bombeiros

Redação

Das 78 cidades de Mato Grosso do Sul, apenas 19 têm quartéis do Corpo de Bombeiros, cerca de 24% dos municípios. Além da estatística da deficiência, não existe projeto para ampliar a estrutura da corporação no Estado. De mãos atadas, os prefeitos "se ajeitam" como podem.

Com 21 mil habitantes, São Gabriel do Oeste é um dos que não têm quartel do Corpo de Bombeiros. A unidade mais próxima fica em Coxim, distante mais de 100 quilômetros do município.

Sem a previsão de quando a cidade poderá receber a corporação, Sérgio Luiz Marcon, revela que a alternativa encontrada foi a compra de um caminhão pipa para ocorrências de incêndio.

O equipamento, adquirido com recursos do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano), deve estar disponível em 15 dias. A maior preocupação é com o risco de fogo em pastagens na área rural, que ocorre normalmente a partir do próximo semestre.

Em outra frente, a administração municipal elabora um projeto para capacitar bombeiros voluntários. Militares de Campo Grande e Coxim deverão qualificar os voluntários na cidade a partir de agosto.

Em Miranda, o prefeito Néder Vedovato também lembra que "esta é uma reivindicação antiga do município". Como vereador, por três mandatos, ele diz que apresentou projetos para que a cidade de 23 mil habitantes recebesse uma unidade do Corpo de Bombeiros.

"Todas sem êxito", diz. No entanto, ele revela que não desistiu do objetivo.

O prefeito explica que ano passado chegou a pensar que a cidade seria contemplada com um quartel dos Bombeiros, neste caso, a prefeitura doaria um terreno e o governo a estrutura. Contudo, nova negativa frustrou o prefeito.

Segundo Vedovato, o governo alega que o custo para implantar uma unidade da corporação é muito alto, portanto, o projeto deveria ser adiado. "Vamos aguardar até o fim do ano e retomar a reivindicação", completa o prefeito.

Sem previsão - O comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Ociel Ortiz, admite que existem várias reivindicações por parte dos municípios para implantação de quartéis no interior do Estado. Entretanto, criar novas unidades requer altos investimentos.

De acordo com o coronel, são necessários gastos que vão além da estrutura física. "Precisa de pessoal, equipamento, viatura, não basta só o município querer, tem que discutir com a Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública) e o Governo", completa.

Atualmente, as 18 cidades, além de Campo Grande, que têm quartéis são: Amambai, Aparecida do Taboado, Aquidauana, Chapadão do Sul, Corumbá, Coxim, Dourados, Fátima do Sul, Ivinhema, Jardim, Maracaju, Mundo Novo, Naviraí, Nova Andradina, Paranaíba, Ponta Porã, Porto Murtinho e Três Lagoas.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions