ACOMPANHE-NOS    
MAIO, QUARTA  25    CAMPO GRANDE 20º

Cidades

Após explosão vizinhos contam como é voltar para casa

Por Redação | 14/07/2008 11:13

Uma soma de fuligem e trauma é o que sobrou da explosão do bloco B do edifício Nova Espanha, no bairro Tiradentes. Hoje, pouco mais de um dia após o incêndio, no chão o carvão indica vestígios dos móveis. Sobre o balcão da cozinha uma garrafa de cachaça e comprimidos resistiram ironicamente às chamas. Moradores do primeiro andar, vizinhos o apartamento 102 onde Edsel Vieira da Silva morava, voltaram para limpar os apartamentos e calcular os prejuízos.

Por volta das 23 horas de sábado, dia 12, Edsel ateou fogo no apartamento. Segundo os moradores ele usou cerca de 20 litros de gasolina e abriu dois botijões de gás. Os vizinhos dizem que sentiram o cheiro de gasolina, mas só saíram dos apartamentos quando perceberam a fumaça, minutos antes das explosões.

O condomínio foi empreendimento da construtora Progemix e de acordo com o síndico, Pedro Luiz da Costa, dentro dos R$ 92,00 que os moradores pagam de condomínio está previsto seguro, mas apenas para acidentes internos, o que segundo ele não cobriria os estragos causados nos outros apartamentos.

Nos siga no Google Notícias