A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 10 de Dezembro de 2017

30/01/2013 17:25

Após mortes, Vigilância faz varredura em produtos para ressonância

Gabriel Neris
Três pessoas morreram em hospital de Campinas após exames de ressonância (Foto: Pedro Amatuzzi/ Estadão Conteúdo)Três pessoas morreram em hospital de Campinas após exames de ressonância (Foto: Pedro Amatuzzi/ Estadão Conteúdo)

As mortes de três pacientes no mesmo Hospital Vera Cruz de Campinas (SP) após passar por exames de ressonância magnética deixaram a Vigilância Sanitária de Mato Grosso do Sul em alerta. A Secretaria de Saúde do Estado investigará quais os produtos são utilizados nos hospitais e clínicas particulares.

Hoje (30), o CVS (Centro de Vigilância Sanitária) interditou cautelarmente em todo o Estado de São Paulo os produtos utilizados pelos pacientes que faleceram na terça-feira. Todos os produtos utilizados, fechados e efetivamente usados, foram recolhidos.

A coordenadora da Vigilância Sanitária do Estado, Glauce Guimarães, disse que haverá reunião amanhã para “traçar uma estratégia”. A Sesau (Secretaria de Saúde de Campo Grande) informou a Vigilância Sanitária que os lotes recolhidos em São Paulo não são utilizados na Capital, porém existe preocupação com os municípios de Três Lagoas, Corumbá e Dourados.

Glauce confirmou que caso haja necessidade também haverá interdição cautelar, a exemplo de São Paulo.

Em nota, o CBR (Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem) afirmou que “o meio de contraste é uma medicação necessária em diversas situações, que tem como objetivo melhorar a definição das imagens obtidas em exames radiológicos, entre elas a ressonância magnética”.

O comunicado diz ainda que o método radiológico é utilizado há mais de 20 anos com eficiência na detecção de doenças vasculares, do coração, neurológicas, musculoesqueléticas e abdominais. “No Brasil, a utilização de meios de contraste em métodos de diagnóstico por imagem é rotineira e os médicos recebem formação e treinamento para ministrar com total segurança esta medicação, potencializando o exame e possibilitando diagnósticos assertivos e eficientes”, completa.

Leia abaixo os nomes dos produtos recolhidos em todo o Estado de São Paulo:

Guerbet Produtos Radiológicos,com registro MS 1.4980.0016
Soro Fisiológico (NaCl) 250ml, fabricado por Eurofarma Laboratórios Ltda, Lote 252731, com validade:08/2014

Soro Fisiológico 500ml, fabricado por Eurofarma Laboratórios Ltda, Lote 249031, com validade:08/2014

Soro Fisiológico 250ml, fabricado por Eurofarma Laboratórios Ltda, Lote 245825, com validade:07/2014;

Soro Samtec 10ml, Lote SOG, validade: 02/2014;Lote SSN validade 05/2014

Soro Equipex 10ml, Lote 1230970, validade: 07/2014

Câmara de Vereadores entrega meio milhão de reais em emendas parlamentares
A Câmara Municipal de Costa Rica, a 305 quilômetros de Campo Grande, realiza nesta segunda-feira (dia 11) três sessões, duas delas especiais. Às 14h ...
Município de Itaporã comemora 64 anos de emancipação neste domingo
Conhecido como Cidade do Peixe, Itaporã, distante 227 km de Campo Grande, comemora 64 anos de emancipação neste domingo (10). A prefeitura municipal ...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions