A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 16 de Agosto de 2018

23/09/2010 09:00

Após novos vídeos, Passaia pede demissão em Dourados

Redação

Responsável por gravações que levaram à prisão prefeito, vereadores e empresários de Dourados, o jornalista Eleandro Passaia formalizou hoje o pedido de demissão da Secretaria de Governo do Município.

Apesar de licenciado do cargo, desde o dia 13 de setembro, só hoje ele anunciou o desligamento oficial da prefeitura.

O jornalista entregou na manhã desta quinta-feira uma carta com os motivos da decisão.

"Fiquei quase duas semanas ausente por orientação médica. Levando em consideração a repercussão dos últimos acontecimentos, percebo a necessidade de não retornar mais ao cargo", esclarece no documento.

Ao juiz-prefeito interino de Dourados, Eduardo Machado Rocha, Passaia explica que pretende "evitar que a administração interina do município amargue pressões de grupos políticos".

O juiz aceitou o pedido e a exoneração deve ser publicada hoje. "A minha presença, ou qualquer declaração sobre a Operação Uragano, podem gerar interpretações contrárias. Não tenho a intenção de dificultar o processo eleitoral em curso. Esclareço que em todos os meus depoimentos jamais fiz ataques pessoais, apenas denunciei fatos", diz Passaia em outro trecho da carta enviada ao interino.

Segundo a assessoria da prefeitura, o novo titular da pasta, que hoje está sob o comando interino do chefe de Gabinete Carlos Alberto Farnesi, poderá ser anunciado também nesta quinta.

Nesta semana, outros 5 vídeos foram postados no Youtube, com novas denúncias de corrupção.

Passaia está sob proteção da Polícia Federal e garante que já saiu de Dourados, não atendeu ligações hoje e não informa o paradeiro.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions