A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 19 de Janeiro de 2018

01/02/2010 06:11

Após paralisação, agentes de saúde pedem aumento a Trad

Redação

Os agentes de saúde e epidemiológicos de Campo Grande irão se reunir com o prefeito Nelson Trad (PMDB), na próxima quarta-feira (03), para discutir novamente a proposta salarial da categoria.

De acordo com o coordenador de base, Paulo César Ribeiro, os profissionais aguardam a resposta do prefeito sobre o pedido de aumento, de 35% do piso salarial, solicitado em dezembro do ano passado.

Após a paralisação dos agentes, que atuam em ações de combate a vetores como o mosquito da dengue, no início de janeiro, ficou decidido junto com o prefeito e com secretário de saúde, Luís Henrique Mandetta, que o salário-base do agente comunitário e de epidemiologia, de R$ 477,00 passasse a R$ 510,00, refletindo o reajuste do salário mínimo. Já o salário do agente de saúde pública, que recebe R$ 529,00 só terá reajuste em maio.

A categoria pede salário-base de R$ 1.485,00. Além disso, os profissionais aguardam o resultado do estudo encomendado pela Secretaria de Saúde para avaliar se os profissionais têm direito a receber adicional de insalubridade, que também foi colocado em questão pelos agentes ainda em 2009.

Negociação

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions