A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

05/08/2010 10:28

Após prisão de surdo, pais procuram Depca para denunciar

Redação

Depois da divulgação das imagens de Enéias Silva Matos, 36 anos, mais três pais entraram em contato com a Depca (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente) e pediram informações sobre o deficiente auditivo porque acreditam que ele seja autor de outros casos de violência sexual.

O pai de um menino de 4 anos está neste momento na delegacia. Ele conhece Enéias e será ouvido em depoimento.

Já outras duas mães ligaram na Depca e foram orientadas a comparecer o mais rápido possível na unidade policial, no entanto, elas não detalham se os filhos foram ou não violentados.

Enéias foi transferido ontem para o IPCG (Instituto Penal de Campo Grande) ontem à tarde. Ele estava na 3ª DP (Delegacia de Polícia) da Capital, localizada no Bairro Carandá Bosque.

Durante investigação de abusos contra crianças dentro de duas escolas particulares, a Polícia teve acesso a vídeos dos circuitos internos de segurança que mostram o suspeito em ação. As vítimas são meninos e meninas que têm 4 e 5 anos.

Ele também é acusado de abuso contra um menino dentro de loja popular no Centro da cidade.Os abusos ocorreram entre maio e junho.

Após investigações, os policiais chegaram ao suspeito, que é deficiente auditivo e trabalhava como serviços gerais em uma empresa particular. Para o depoimento do surdo, foi necessário apoio de um intérprete.

Nas três ocasiões em que ele molestou as crianças, nas escolas e na loja de brinquedo, era horário de almoço. Em uma delas, ele aproveitou o descuido do vigilante da escola. No outro estabelecimento de ensino, havia um evento aberto ao público.

Enéias nega o crime mas se reconhece nas imagens, segundo a Polícia.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions