A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

01/05/2009 08:22

Após viver 10 anos em posto, diarista recebe casa

Redação

Após morar 10 anos em um posto policial desativado, sem água e sem luz, na Vila do Entroncamento, a diarista Maria Sônia dos Santos Mendes, 45 anos, recebeu esta manhã uma casa do programa habitacional do governo. Emocionada, ela dizia que é a realização de um sonho. "Meu banheiro! Tira foto do meu banheiro", repetia.

A diarista conta que há 10 anos veio de Ponta Grossa, no Paraná, com dois filhos, um de três meses e outro de quatro anos de idade, o enteado e uma moça que morava com a família. A esperança era ter uma vida melhor em Campo Grande.

Chegando na Capital, sem recursos, ela encontrou o posto policial desativado e resolveu fazer dele sua casa. As dificuldades eram grandes porque não havia água ou luz no posto.

Será uma página virada na vida de Maria Sônia, que agora tem uma casa com dois quartos, sala e cozinha e banheiro, dotada de instalação elétrica e hidráulica. Na terça-feira última ela recebeu a casa através do programa "MS Cidadão

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions