A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 15 de Outubro de 2018

30/09/2009 08:00

Batida deixa congestionamento e risco de explosão em BR

Redação

Congestionamento de três quilômetros, no sentido Campo Grande a Ribas do Rio Pardo, e alto risco de explosão é o cenário encontrado na BR-262, a 50 km da Capital, após o acidente envolvendo um caminhão da Copagaz que transportava gás GLP a granel (gás de cozinha) nesta madrugada.

O incêndio teve início após a colisão de um caminhão-baú na traseira do veículo que levava o GLP. Conforme os bombeiros, o incêndio já foi controlado, mas, agora, é preciso que todo o gás de dissipe. Com o material é inflamável há risco de explosão, que poderia ter alcance de até 40 km. Neste momento, uma equipe da Copagaz está fazendo o transbordo da carga para outro caminhão.

O caminhoneiro Jacir Gomes Machado, de 44 anos, conta que foi o primeiro a chegar ao local após o acidente. De acordo com ele, o motorista do caminhão com GLP pediu ajuda para separar a cabine do compartimento de carga. "Ele perguntou se tinha coragem para ajudar a desengatar o cavalinho", relata Jacir, que estava viajando para levar um carregamento de madeira até São Paulo.

Com a ajuda do caminhoneiro Raimundo Nonato, amigo de Jacir, os três motoristas desengataram a cabine. "Na hora, não pensamos muito no risco", firma Jacir. Segundo ele, após o acidente, as chamas atingiam 2 metros de altura.

Conforme o Corpo de Bombeiros, as consequências só não foram trágicas porque o fogo, que começou nos pneus traseiros do caminhão, não atingiu a carga de gás. O combate às chamas, realizado por 12 bombeiros, consumiu 2 mil litros de água. A área permanece isolada e a imprensa só obteve permissão para ficar a 300 metros do local.

Fuga

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions