A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

24/04/2013 13:57

Bebês gêmeos morrem por falta de vagas em UTI neonatal na Capital

Viviane Oliveira
Os bebês morreram por falta de leito em UTI neonatal. (Foto: Hosana de Lourdes)Os bebês morreram por falta de leito em UTI neonatal. (Foto: Hosana de Lourdes)

Irmãos gêmeos nascidos na tarde desta quarta-feira (24) morreram por falta de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) em hospitais de Campo Grande.

A mãe Ingrid Soares, de 20 anos, que mora em Nioaque, chegou ao hospital de Maracaju já em trabalho de parto entre 17h e 18h de ontem. Após o nascimento, os bebês tiveram problemas respiratórios.

Segundo o médico pediatra Luiz Augusto Possi, plantonista no Hospital Soriano Correa, pediu a vaga em todos os hospitais públicos de Campo Grande e de Dourados, mas foi informado que não havia leito na UTIs.

“Deixar um bebê prematuro de 1.500 gramas, outro de 1.600 gramas, sem assistência intensiva adequada por falta de leitos de UTI é criminoso”, desabafou o médico durante as tentativas frustradas de transferência.

Conforme o médico, as enfermeiras passaram a noite bombeando oxigênio para tentar salvar a vida dos bebês. “Até quando a sociedade vai ficar anestesiada, permitindo que, diariamente, bebês agonizem pela falta de providências do poder público”, questiona.

Depois de muita insistência, por volta das 9h os bebês conseguiram a transferência para um hospital com UTI neonatal, mas não resistiram e morreram a caminho de Campo Grande.

(Com informações do site TudoMS)

Inscrições para o Vestibular 2018 da UFMS seguem abertas
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) segue com inscrições abertas para o Vestibular 2018, que selecionará alunos para cursos de gradua...
Autorização para psicólogos aplicarem terapia de reorientação sexual é mantida
O juiz Waldemar Cláudio de Carvalho, da 14ª Vara Federal de Brasília, decidiu hoje (15) tornar definitiva a decisão liminar (provisória) que havia pr...
Clientes de banco podem renegociar dívidas no "Caminhão do Quita Fácil"
A partir de segunda-feira (18), clientes das agências da Caixa de Campo Grande terão a possibilidade de renegociar suas dívidas atrasadas há mais de ...


O problema é a demagogia de nosso governo.
Gastam milhões de reais comprando lootes de medicamentos de cinquenta centavos, um paracetamol ou cataflan da vida, e entulham os postos de saúde com esse tipo de paliativo, tudo para que quando o cidadão tenha uma dor de cabeça economize seus trocados.
Mas o custo do assistencialismo é esse: falta dinheiro para investir em hospital, equipamentos e UTIs.
E aliado a isso ainda tem os desvios do dinheiro da saúde...
Mas como vamos mudar isso??
Eu sinceramente nao sei o que podemos fazer. Estamos a merce dessa oligarquia politica que aí está.
 
Tiago Carpes do Nascimento em 13/05/2013 08:44:10
precisamos ajudar.
 
andreia coelho em 28/04/2013 15:46:15
Essas notícias já estão ficando calejadas em nossos ouvidos ,os poderosos estão preocupados somente com a copa do mundo . Como se esses brasileirinhos ñ fossem desse Brasil, é revoltante ñ ter condições de ter nossos filhos com dignidade , pagamos tão caro por nossa comida , roupas e etc,os impostos que pagamos ñ tem importância pra eles, só o nosso voto vale , mas existe um Deus que tudo vê e no tempo certo mostrará sua justiça doa a quem doer .

 
Izilda de Paula em 24/04/2013 21:33:07
muito triste mais esta POLITICA ESTE PREFEITO, ESTAR UMA VERGONHA!!!! parece briga dos FLANELINHA de taô baixa que e AFFF uma vergonha , uma competição que eu fico PASMA ESSA ERA A MUDANÇA QUE O CAMPOGRANDENSES QUERIA ENTÃO DELE HLE BERNAL!!!! ES A mudança !!!!
 
cicera honorato em 24/04/2013 21:16:39
Parabens ao Dr.Possi que enfrenta com galhardia as dificuldades de ser médico em cidade do interior, que não oferece - mas deveria- as condições mais que mínimas para diagnostico e tratamento da população
 
Jose Neder Junior em 24/04/2013 17:51:54
Em breve, o aquário do pantanal vai resolver todos os problemas da saúde.
 
Tereza Cunha em 24/04/2013 16:36:56
Isso é uma vergonha para Campo Grande, uma capital não ter UTI Neonatal disponivel para sociedade, enquanto isso, nosso querido prefeito querendo gastar com enumeras obras desnecessarias que no momento não é prioridade para Campo Grande, a populção pede socorro, a saúde esta um caos, as promesas feitas pelo prefeito não estão sendo cumpridas, ele só se importa como ele mesmo, em brigas no plenário e processo atrás de processos, enquanto, saúde pública, educação, saneamento básico, asfalto esta a merce. E o Bernal?? É o Bernal esta nem ai mesmo, quem sabe né esta querendo trocar plaquinhas de sinalização quem sabe ou trocar a cidade do natal de endereço e gastar mais muito mais o dinheiro público, priorizando coisas que no momento não é de necessidade..
 
Aline Torres em 24/04/2013 16:21:44
ee o aquario de campo grande ja ta pronto? aff lamentavel vr uma noticia dessa! sem palavras!
 
Aline Portilho em 24/04/2013 16:06:26
È revoltante ler materias como essa.....seres humanos perdendo as vidas porque nao tem leitos nos hospitais ....mas o AQUARIO de campo grande esta indo a pleno vapor....dinheiro pra lá nao falta .....e a copa do mundo né.....nossa essa entao nem se fala .....vai ser um marco na nossa historia.....temos que ter coisas boas para contar .....é vergonhoso e criminoso uma situaçao dessas....essa mae tem que processar o estado , a prefeitura , o brasil ....!!!!! mas nao deixe passar em branco !!!!
 
rogerio carvalho em 24/04/2013 14:54:37
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions