A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 22 de Janeiro de 2018

18/10/2014 14:10

Bombeiros emitem alerta a banhistas que se refrescam em rios e piscinas

Renan Nucci

Devido ao calor intenso registrado nos últimos dias, o Corpo de Bombeiros de Mato Grosso do Sul emitiu alerta às pessoas que procuram rios e piscinas para se refrescar. É preciso cuidado, principalmente com as crianças, e evitar nadar sozinho ou fazer brincadeiras que aumentem o risco de afogamento.

A corporação avisa que, o banho nos rios requer mais atenção por causa da força da correnteza e da profundidade. Crianças só devem entrar na água em locais rasos, acompanhadas de algum responsável e utilizando equipamentos de proteção como boia ou flutuadores.

Para os adultos não é recomendada a ingestão de medicamentos ou bebidas alcoólicas, pois podem desencadear reações que aumentam a propensão a afogamentos. Saltos em locais elevados também devem ser evitados, inibindo assim o risco de lesões e fraturas com entulhos que ficam escondidos no fundo dos rios.

Para os frequentadores de piscinas, a dica é procurar clubes com certificado de vistoria emitido pelo Corpo de Bombeiro. É importante verificar se há presença de um guarda-vidas no local, caso contrário, o estabelecimento pode até ser notificado. Em todos os casos, é importante não fazer brincadeiras como “caldos” ou “trotes”. Rios como o Taquari, na região de Coxim, o Aquidauana e o Paraguai, principalmente na região de Corumbá, são perigosos.

 

Discussão termina com jovem ferido a tiros e polícia procura suspeito
Uma briga entre dois jovens terminou com um deles ferido a tiros. A confusão aconteceu na madrugada deste sábado (18), no centro de Paranaíba, distan...
Operação da Polícia Federal contra milícias prende três em aldeia indígena
Três índios foram presos nesta quarta-feira acusados de integrar uma milícia armada na aldeia Rancho do Jacaré, no município de Laguna Caarapã. As pr...
Polícia investiga estupro de meninas de 11 e 13 anos em aldeia
A Polícia Civil de Dourados, distante 233 quilômetros de Campo Grande, investiga se duas meninas indígenas sofreram violência sexual pelo padrasto, n...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions