A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

05/02/2010 15:33

Buraco na grade foi consertado pelos próprios presos

Redação

O buraco na grade que deveria separar advogados e presos no Estabelecimento Penal de Segurança Máxima, em Campo Grande, foi consertado pelos próprios detentos. Pelo buraco, apelidado de "internet", por colocar os presos em contato com o mundo exterior, seria possível passar objetos como drogas e celulares.

Segundo a assessoria de imprensa da Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário), a nova grade foi feita na serralheira do presídio.

Além disso, a direção do estabelecimento penal está fazendo orçamento para trocar o arame por um vidro. A decisão foi tomada após o Campo Grande News retratar o problema, que veio à tona após um preso e uma advogada terem usado o vão para fazerem "atos libidinosos".

Agentes penitenciários foram ao 3º DP (Distrito Policial) na quinta-feira para registrar o caso, mas o Boletim de Ocorrências simplesmente não foi feito. A assessoria de imprensa da Agepen não soube explicar o motivo. Na delegacia, ninguém quis se pronunciar sobre o caso.

A OAB/MS (Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Mato Grosso do Sul) diz que não foi comunicada oficialmente sobre o caso, mas promete agendar uma visita ao presídio na próxima semana para apurar a denúncia.

Mega-Sena acumula de novo e prêmio estimado sobe para R$ 43,5 milhões
Mais uma vez a Mega-Sena ficou sem vencedor na faixa principal e, com isso, a premiação acumulou e pode chegar a R$ 43,5 milhões no próximo concurso,...
Mega-Sena pode pagar R$ 39 milhões no sorteio deste sábado
A Mega-Sena deste sábado (16), que está acumulada, pode pagar R$ 39 milhões para quem acertar os seis números. O concurso 1.997 ocorre às 20 horas, h...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions