A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

04/01/2009 17:44

Cai número de trotes para bombeiros e polícia em MS

Redação

Caiu o índice de tentativas de trotes recebidos pelo Ciops (Centro Integrado de Operações de Segurança) durante os meses de outubro e novembro de 2008 em Mato Grosso do Sul.

Outubro foi o mês que apresentou a maior queda do ano passado, chegando a registrar números 40,4% menores que os alcançados no mesmo período de 2007.

Novembro teve 30,1% menos trotes que o mesmo período de 2007.

De acordo com levantamento realizado pelo setor de estatísticas do Ciops, o número de trotes recebidos pelos telefones de emergência em outubro de 2007 atingiu um total de 37.487 ligações, enquanto no mesmo mês de 2008 foram 22.340 registros.

Em novembro de 2007 foram 33.898 trotes, caindo para 23.701 no mesmo período deste ano.

Segundo o tenente-coronel Joilson Alves do Amaral, diretor-geral do Ciops, o setor recebeu, de janeiro a novembro de 2008, 310.743 trotes, representando 29,4% de todas as chamadas recebidas pelos telefones de emergência.

"O perfil das pessoas que passam trotes para a emergência é de crianças e adolescentes, por isso os pais devem orientar seus filhos para que não brinquem com estes serviços", afirma o diretor.

Uma preocupação salientada pelo tenente-coronel Joilson é com os trotes atendidos pela polícia e Corpo de Bombeiros.

De janeiro até novembro os bombeiros deslocaram viaturas a 119 ocorrências falsas, enquanto a Polícia Militar atendeu in loco 227 trotes.

O artigo 266, do Código Penal Brasileiro, prevê pena de um a três anos, além de multa, para os casos de perturbação do serviço telefônico.

Já o artigo 340 estabelece pena de um a seis meses, ou multa, quando ocorre comunicação falsa de crime ou contravenção.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions