A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 10 de Dezembro de 2017

22/05/2008 08:06

Campanha quer incentivar a doação de medula óssea

Redação

Trinta e duas mil pessoas de Mato Grosso do Sul já deram o primeiro passo para salvar vidas e se cadastraram no banco nacional de doadores de medula óssea. A média mensal, de mil novos cadastros, é considerada boa, mas o apelo por mais doadores persiste uma vez que a chance de compatibilidade chega a ser de uma em cem mil. Entre irmãos do mesmo pai e mesma mãe a chance é de até 35%.

Para se ter uma idéia, em todo o tempo de existência do cadastro do Estado, somente 15 casos de compatibilidade foram detectados. Nos testes mais apurados, apenas dois se confirmaram.

O policial rodoviário federal Anderson Francisco Sidrack Dantas de Souza, 42 anos, é um deles.

Ele conta que dois meses após fazer o cadastro recebeu uma carta informando de que havia uma pessoa compatível que precisava de doação. Em julho ele foi submetido à primeira extração.

O policial diz que passou pelos dois métodos para esse tipo de procedimento e garante que se fosse preciso faria novamente.

Câmara de Vereadores entrega meio milhão de reais em emendas parlamentares
A Câmara Municipal de Costa Rica, a 305 quilômetros de Campo Grande, realiza nesta segunda-feira (dia 11) três sessões, duas delas especiais. Às 14h ...
Município de Itaporã comemora 64 anos de emancipação neste domingo
Conhecido como Cidade do Peixe, Itaporã, distante 227 km de Campo Grande, comemora 64 anos de emancipação neste domingo (10). A prefeitura municipal ...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions