A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

29/05/2012 14:22

Campo Grande vira escala em voos da Azul de Cuiabá e Curitiba

Paula Maciulevicius

Empresa anunciou também o segundo voo diário de Campo Grande à Cuiabá e a fusão com a Trip

Campo Grande passou a ser escala para voos vindos de Cuiabá para Curitiba e Porto Alegre e no próximo dia 20, passageiros vão poder voar da Capital direto para Cuiabá. A empresa que começou a operar as escalas e que o segundo voo diário ligando Campo Grande à capital mato-grossense é a Azul Linhas Aéreas.

Como a terceira maior companhia aérea do Brasil, a empresa anunciou nessa segunda-feira (28), a fusão com a concorrente no segmento de aviação regional Trip Linhas Aéreas. O negócio dará origem à holding Azul Trip S/A, para a qual serão aportadas as ações de ambas.

A nova empresa do mercado brasileiro tem projeção de receita conjunta

de mais de 4 bilhões de reais somente neste ano. Juntas elas terão 15%

de 'market share' , 8.700 funcionarios, 112 aeronaves e 96 destinos.

Dentro dos voos onde Campo Grande passará a ser escala, a aeronave parte de Cuiabá, às 5h30, com escala em Campo Grande às 6h47. De Campo Grande saída às 7h18 e chegada em Curitiba às 9h45.

No retorno, a saída de Curitiba será às 21h06 e chegada a Campo Grande às

21h36. De Campo Grande com saída às 22h08 e chegada em Cuiabá às 23h24.

A partir do dia 20, os novos voos que estarão disponíveis sairão de Campo Grande às 7h45 e chegam em Cuiabá às 9hs. O retorno, com saída de Cuiabá às 19h20 e chegada em Campo Grande às 20h30. Conforme a companhia aérea a nova operação facilita a conexão imediata para Porto Velho e Manaus, também em operação a partir do dia 20.

Desde a inauguração da base, a Azul já transportou cerca de 300 mil

clientes de e para Campo Grande com voos diretos para Cuiabá, Maringá,

Curitiba e Campinas, que oferece muitas opções de conexão a partir do

aeroporto de Viracopos.

Para a Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul, a empresa área enxerga o potencial econômico do Estado usando Campo Grande como a porta de entrada para os principais pontos turísticos.

“As escalas vão colaborar e facilitar com o aumento de visitantes e turistas para o estado. A companhia tem colaborado com a consolidação e fortalecimento do turismo sul-mato-grossense”, considera a diretora-presidente da Fundação, Nilde Brun.

MEC deve homologar Base Comum Curricular na próxima quarta-feira
O Ministério da Educação informou que a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), aprovada hoje (15) pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), deve ser ...
Presos da penitenciária federal da Capital são julgados por crime em RN
Um preso custodiado no presídio federal de Campo Grande foi julgado, ao lado de outros três homens, na quinta-feira (14) e nessa sexta-feira (15) por...


Muito bem tomara que seja o inicio da inclusão da nossa capital em voos diretos aos destinos, tomara que outras empresa enxerguem Campo Grande como se deve. Uma cidade logisticamente estratégica, pois esta bem ao centro de nosso estado, no centro-oeste brasileiro, praticamente no centro da América do sul. Não sou nenhum especialista, mas pode desafogar S. Paulo e RJ. "É só enxergar fora da caixa".
 
Gilson Gomes em 29/05/2012 09:40:10
Espero que os voos não sejam cancelados por atraso como vem acontecendo ultimamente. A empresa tem que crescer mas, com responsabilidade aos usuarios. Dando treinamento e qualificando seu quadro de colaboradores. E a Anac deve fazer seu papel de fiscalizar.
 
João Falastrão em 29/05/2012 03:25:00
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions