A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

12/01/2015 23:05

Capa de próxima edição do semanário Charlie Hebdo terá caricatura de Maomé

Daniel Machado
A nova edição vai incluir caricaturas de Maomé e sairá com 3 milhões de exemplares, será vendida em 25 países e traduzida em 16 idiomas (Reprodução: Twitter Liberation)A nova edição vai incluir caricaturas de Maomé e sairá com 3 milhões de exemplares, será vendida em 25 países e traduzida em 16 idiomas (Reprodução: Twitter Liberation)

A próxima edição do semanário satírico francês Charlie Hebdo, a primeira depois do atentado, vai incluir caricaturas de Maomé e sairá com 3 milhões de exemplares - normalmente são 60 mil - será vendida em 25 países e traduzida em 16 idiomas, de acordo com a France Presse.

O advogado da publicação, Richard Malka, garantiu à Radio France Info que a revista vai incluir outras sátiras sobre políticos e religiosos. "Nunca vamos ceder. Se não, nada disto teria sentido", disse o advogado e colaborador do semanário, onde dois homens armados mataram na quarta-feira (7) 12 pessoas, oito delas jornalistas, supostamente em represália à publicação de caricaturas do profeta do Islã.

No domingo, 3,7 milhões de pessoas manifestaram-se na França contra o terrorismo.

"Terá uma difusão excepcional como gesto de vida e sobrevivência", acrescentou Malka. Para o advogado, o lema tornado popular depois dos atentados "Eu sou Charlie" é um "estado de espírito, que também quer dizer o direito à blasfêmia" e, por isso, a nova edição vai incluir caricaturas de Maomé.

Os jornalistas do semanário satírico estão trabalhando nos escritórios do diário Libération, protegidos por considerável aparato policial.

Com informações da Agência France Presse.

 

Câmara Federal regulamenta carreira dos agentes comunitários de saúde
Com a presença de agentes comunitários nas galerias da Câmara, os deputados federais concluíram hoje (12) a votação do projeto de lei que regulamenta...
Anvisa libera serviço de vacinação em farmácias de todo o país
Farmácias e drogarias de todo o país vão poder oferecer o serviço de vacinação a clientes. A possibilidade foi garantida em resolução aprovada hoje (...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions