A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

18/08/2009 08:47

Capital investiga 4 mortes sob suspeita de gripe suína

Redação

O secretário municipal de Saúde, Luís Henrique Mandetta, confirmou hoje a investigação de quatro mortes por suspeita de gripe suína, em Campo Grande.

Até o momento, nenhum caso havia sido notificado nos boletins divulgados semanalmente sobre o avanço do vírus H1N1 em Mato Grosso do Sul.

Na rede pública, 100 pessoas receberam nos últimos dias kits de tratamento com o Tamiflu, medicamento indicado a quem apresenta sintomas da H1N1. Outras 5 mil doses ainda estão no estoque, diz o secretário.

Só neste fim de semana, dois homens morreram depois de serem internados com os sintomas da doença, um de 28 anos, atendido na Santa Casa, e outro paciente de 31, internado no Hospital da Unimed.

Outro caso é de um senhor de 58 anos, que faleceu no início do mês, mas não são reveladas informações sobre o quarto paciente. Todos morreram com quadro de pneumonia.

As amostras de secreção colhidas dos doentes foram encaminhadas para exame no Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo, mas o resultado só deve chegar em 30 dias. Ontem, a Sesau informou que já havia investigado uma morte, mas o caso foi descartado.

Sem pânico - Irritado, o secretário de Saúde criticou a imprensa que, na avaliação dele, "explora o pânico" da população que superlota postos em busca de atendimento.

Essa procura é mais um risco, diz, pela aglomeração em locais de maior circulação de vírus, além de impedir que as pessoas realmente debilitadas tenham atendimento médico de qualidade.

Sobre as ações para controlar a doença, Mandetta diz que "hoje" não há motivo para cancelar atividades públicas, como a comemoração do aniversário da Capital, no dia 26 de agosto. "Se fosse neste momento, diminuiria a participação das crianças, não só pela gripe mas pela baixa umidade do ar", comenta sobre o desfile cívico.

Ontem, 5 Ceinfs (Centros de Educação Infantil) tiveram as aulas suspensas por 10 dias por causa da gripe, dois no Aero Rancho, um no Jardim Futurista, outro no Cidade Morena, um no Noroeste e outro na Coophatrabalho.

Três escolas municipais também tinham sido fechadas, mas 2 já retornaram. Atualmente, só está com atividades interrompidas a escola de tempo integral no bairro Paulo Coelho Machado.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions