A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 14 de Agosto de 2018

10/11/2011 13:03

Advogado é preso acusado de lesar cliente em Campo Grande

Francisco Júnior

O advogado Marcelo Monteiro Padial, 42 anos, foi preso ontem (9), em Campo Grande, acusado de apropriação indébita. Contra ele, havia um mandado de prisão expedido pela Vara de Execução Penal.

A prisão foi realizada por policiais da Dedfaz (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Defraudações, Falsificações, Falimentares e Fazendários). O advogado possui um escritório de advocacia no Centro da Capital e é investigado por fraudes e falsificações em pelo menos cinco inquéritos policiais, além de outros procedimentos investigatórios.

As investigações apontam que o advogado ajuizava ações visando à revisão de valores de contratos de financiamentos, principalmente de veículos, sendo que as procurações que lhe outorgavam poderes para representar os clientes tinham as assinaturas falsificadas, gerando, assim, prejuízo em desfavor dos titulares dos contratos.

Ele é acusado de lesar um cliente 11 vezes. De acordo Fernando Villa de Paula, delegado responsável pela investigação, o advogado já cometia esses tipos de crimes há pelo menos 4 anos.

O advogado permanece preso na sede do Garras (Grupo Armado de Repressão e Resgate a Assaltos Sequestros).

No ano de 2013 foi concedido ao sentenciado o indulto, e decretado, por sentença, extinta a punibilidade quanto aos fatos tratados na respectiva Execução Penal.



Como há advogados picaretas, também há médicos, engenheiros, jornalistas, padres/pastores, fiscais, policiais... Onde há humanos convivendo em sociedade, há podridão, sujeira, maldade!
 
Carlos Renato Lopes em 10/11/2011 04:23:00
foi o tempo que ser advogado era grande coisa, hj uma boa parcela é formado por picaretas, golpistas e oportunistas..... conheço pelo menos uns 4 assim onde eu moro...
 
marcelo martins em 10/11/2011 03:56:37
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions