A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

06/07/2016 12:34

“Bandidos da farmácia” são presos por roubo de malote com R$ 14 mil

Guilherme Henri e Mara Riveiros
Jeferson Garcia Ricardo, de vermelho e Claudinei dos Santos de Oliveira (Foto: Marina Pacheco) Jeferson Garcia Ricardo, de vermelho e Claudinei dos Santos de Oliveira (Foto: Marina Pacheco)

Claudinei dos Santos de Oliveira, o “Carcaça”, 23, e Jeferson Garcia Ricardo, o “Buguinho”, 24 anos são apontados por policiais da Derf (Delegacia Especializada em Roubos e Furtos) como participantes do assalto de um malote que continha R$ 14 mil do banco Bradesco, no dia 16 do mês passado, em Campo Grande. A dupla ainda é autora de três assaltos na mesma farmácia na Capital.

Eles foram apresentados em coletiva de imprensa realizada na manhã desta quarta-feira (6), na Derf. De acordo com o delegado Carlos Delano, o primeiro a ser preso foi Jeferson. “Ele foi preso no Jardim Noroeste um dia após o assalto ao malote, do banco Bradesco Express, localizado na avenida Coronel Antonino, pois emprestou sua motocicleta para Claudinei praticar o crime”, explica.

Questionado, Jeferson confessou sua participação no roubo e entregou seu comparsa Claudinei, que só foi preso ontem (5), também no Jardim Noroeste. “Claudinei trabalhou seis meses em uma obra ao lado do banco e observou toda a rotina. A partir daí ele identificou o horário em que havia a entrega dos malotes da agência Express para a outra localizada do outro lado da avenida. Com as informações ‘Buguinho’ pegou a moto de Jeferson e com a ajuda de outro comparsa, ainda não identificado praticou o roubo”, conta o delegado.

Com o dinheiro do assalto, Claudinei deu R$ 100 a Jeferson pelo empréstimo da motocicleta, pagou a pensão de seu filho, promoveu festas e ainda trocou as telhas de seu “barraco”, detalhou o delegado.

Entretanto, esses não foram os únicos crimes praticados pela dupla. Em depoimento eles confessaram que são autores de três assaltos a uma mesma farmácia, localizada na avenida Mato Grosso, área central de Campo Grande.

O primeiro assalto foi realizado no dia 6 de fevereiro, às 14h. O segundo no dia 24 de março, às 15h30 e o último no dia 8 do mês passado. “Nos três crimes eles levaram cerca de R$ 1 mil. O que chama a atenção é que eles praticavam o crime entre 13h e 15h30, pois era o horário em que só haviam mulheres no local”, afirma Delano, que ainda aproveitou para destacar que nos três assaltos a ação era mesma: os funcionários eram rendidos por um enquanto o comparsa pegava o dinheiro do caixa.

A dupla responderá por roubo sendo que Jeferson já tem passagens por tráfico e Claudinei por dirigir embriagado. Policiais continuam nas ruas para identificar e prender o terceiro envolvido no assalto ao malote.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions