A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 14 de Agosto de 2018

05/01/2016 20:00

Inconformado com separação, homem que matou ex-mulher a perseguia

Flávio Paes/Filipe Prado

Ainda chocados com a morte de Vilma Lima, 57 anos, assassinada a facadas pelo ex-marido, Wilson de Lima, 69 anos, familiares da vítima relataram à reportagem do Campo Grande News que há um ano ele a perseguia, desde a separação que já estava em processo de homologação do divórcio. O crime foi cometido na tarde desta terça-feira, diante de várias testemunhas, em frente da portaria de acesso ao Hospital Regional.   

Segundo uma das familiares, Wilson não aceitava a separação e constrangia a vítima psicologicamente. Wilma trabalhava no setor de internação do hospital há mais 10 anos. Os dois foram casados cinco anos. Entre os colegas de trabalho da vítima, o sentimento é um só: surpresa e indignação. "Ela era uma pessoal muito agradável, gente boa. Estamos chocados,esperamos que o assassino seja preso", Edson Costa.

Depois de cometer o crime, Wilson fugiu no carro da vítima, um Celta preto, indo em direção ao anel rodoviária (sentido Indubrasil), onde tentou se matar duas vezes: primeiro jogando o veículo contra um caminhão que vinha em sentido contrário e depois se feriu com um golpe de faca no próprio peito. Ele foi levado pelo SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) para a Santa Casa, onde está internado.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions