A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 21 de Outubro de 2019

15/07/2019 11:48

“Preocupante e perigosa”, diz presidente de consórcio sobre carona de cadeirante

Na noite de ontem (dia 14), o cadeirante pegou carona na rabeira no ônibus e sofreu queda

Aline dos Santos e Fernanda Palheta
Segundo João Rezende, motorista do ônibus não viu carona do cadeirante. (Foto: Fernanda Palheta)Segundo João Rezende, motorista do ônibus não viu "carona" do cadeirante. (Foto: Fernanda Palheta)

Irregular, a carona de um cadeirante na rabeira do ônibus do transporte coletivo foi classificada como preocupante e perigosa pelo presidente do Consórcio Guaicurus, João Rezende.

“Para fazer o transporte normal de um cadeirante, existe cuidado redobrado. Pegar carona é uma prática preocupante e muito perigosa. Provavelmente, o motorista do ônibus não percebeu. Porque se tivesse percebido não teria colocado o veículo em movimento”, afirma Rezende.

De acordo com ele, além do risco para o próprio cadeirante, que acabou sofrendo uma queda, a carona colocou em risco outras pessoas na via, como os condutores dos outros veículos. “Me lembrei dos casos dos surfistas de ônibus. Com a ajuda da Guarda Municipal, conseguimos acabar com esse tipo de prática”, diz Rezende.

Na noite de ontem (dia 14), o cadeirante pegou carona na rabeira no ônibus por volta das 22h40, quando o veículo circulava pela Avenida Afonso Pena, esquina com a Rua Joaquim Nabuco, em Campo Grande. Ele seguiu por aproximadamente uma quadra e meia, quando acabou sofrendo a queda. Uma viatura do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) seguia logo atrás e socorreu o homem.

No vídeo, o rapaz chega a dizer que o acidente aconteceu no dia 13 de julho, mas, em contato com a reportagem, corrigiu a informação. Nesta segunda-feira (dia 15), o presidente do Consórcio Guaicurus participa de audiência pública na Câmara Municipal sobre o transporte coletivo.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions