A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 23 de Fevereiro de 2020

25/01/2017 11:41

Uniformes serão entreguas até a terceira semana de aula, diz prefeito

Município tenta pegar "carona" em atas de registro de preço da prefeitura de São Paulo e do FNDE para aquisição

Yarima Mecchi e Aline dos Santos
Prefeitura pedia 187.200 camisetas regata. (Foto: Reprodução)Prefeitura pedia 187.200 camisetas regata. (Foto: Reprodução)

O prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD), pretende entregar os kits de uniforme até a terceira semana do ano letivo, que começa no dia 6 de fevereiro. Tentando pega "carona" em atas de registro de preço da prefeitura de São Paulo e do FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação) para compra de uniforme e material escolar, Marquinhos disse que tudo será feito com responsabilidade.

"Nós estamos aderindo a ata com responsabilidade, nada será no afogadilho. A gente espera entregar, senão no primeiro dia, nas semanas posteriores, até a terceira semana".

Em 2016 os uniformes só foram entregues aos alunos no segundo semestre, o atual prefeito ressaltou que esta não será a atitude de sua gestão. Marquinhos também reclamou das licitações de uniformes e kit escolares feitas por Alcides Bernal (PP), ex-prefeito, que foram suspensas por determinação do TCE-MS (Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso do Sul).

"Não vai ficar para o segundo semestre, muito embora eu acho que essa era a torcida deles (antiga gestão). Senão teriam feito as coisas certas", declarou.

Dois pregões seriam realizados no dia 28 de dezembro, sendo um para registro de preço para aquisição de uniforme e outro para kit escolar. No pregão dos uniformes a prefeitura pedia camisetas regata, maga curta, manga longa, sendo 187.200 unidades de cada.

Além de 81,2 mil pares de tênis, 162,5 mil pares de meia, 96 mil unidade de blusa e calça moleton, 187,2 mil jaquetas escolares de tactel e 139,2 mil jaquetas escolares de helanca.

Carona - Por meio da assessoria de imprensa, a Prefeitura de São Paulo informou que está na fase de assinatura dos contratos. Conforme apurado pelo Campo Grande News, a capital paulista está comprando kits escolares para 600 mil alunos, sendo cada um composto por cinco camisetas, cinco pares de meia, uma jaqueta, uma calça, um blusão, uma bermuda e um par de tênis.

Mesmo na hipótese de Campo Grande aderir à ata de São Paulo, já em andamento, a entrega demoraria 30 dias. Conforme a titular da Semed (Secretaria Municipal de Educação), Ilza Mateus de Souza, já havia anunciado anteriormente, são 400 mil itens de uniformes, composto por camiseta, bermuda e tênis; além de 110 mil kits escolares.

Caso seja feita adesão à ata da prefeitura de São Paulo, não há muita margem para escolha de cores ou padrão do uniforme, sendo apenas o nome São Paulo substituído por Campo Grande. A Semed não informa o valor que vai pagar, o total só será divulgado se for confirmado a adesão.

 

Campo Grande News - Lista Vip WhatsApp
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions