A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

17/10/2011 12:35

Acrissul espera acordo para resolver impasse sobre licença ambiental

Wendell Reis

A Acrissul (Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul) pretende encontrar um consenso para resolver o impasse quanto a licenças ambientais para o Parque de Exposições Laucídio Coelho. O presidente da Acrissul, Francisco Maia, disse ao Campo Grande News que a decisão está nas mãos da Prefeitura Municipal. Desta maneira, espera que alguns pontos sejam reavaliados para encontrar um consenso, sem que a questão se resolva por meio judicial.

Maia ressalta que a Acrissul não tem condições de providenciar um projeto de som para resolver o problema acústico, mas defende um acordo para permitir o som pelo menos no período da Expogrande. No dia 23 de setembro, Maia se reuniu com o prefeito para pedir ajuda. Na ocasião, ele chegou a protocolar um pedido de cópia da licença ambiental de diversos locais em Campo Grande, entre eles a Feira Central, Praça do Rádio Clube, Estoril, Rádio Clube e Lixão.

O presidente da Acrissul alega que os locais não possuem licença ambiental e denuncia uma possível perseguição. Caso consiga a confirmação de que os locais não possuem licença, Maia ameaça entrar na Justiça contra o promotor Alexandre Haslam. Apesar disso, Francisco Maia disse que ainda não recebeu a resposta da Semadur (Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano) quanto ao pedido.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions