A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

08/11/2013 22:02

Acusado de matar em frente a conveniência vai à júri na segunda

Vinícius Squinelo

Na próxima segunda-feira (11), às 8 horas, será realizado o julgamento do réu Carlos Alexandre Matias Alves , pela 2ª Vara do Tribunal do Júri de Campo Grande. O acusado foi denunciado no art. 121, § 2º, inciso II e IV (homicídio cometido por motivo fútil com recurso que dificulta a defesa da vítima) e no artigo 121, § 2º, inciso II e IV c.c. o artigo 14, inciso II e 73 (tentativa de homicídio, por erro na execução), todos do Código Penal.

De acordo com a denúncia, no dia 18 de setembro de 2010, em frente ao estabelecimento “Ana Lu Conveniência”, na rua Pontalina, nº 127, na Vila Santo Eugênio, o réu teria matado a tiros Fábio Nery da Silva. No entanto, um dos tiros desviou-se e, por erro na execução, atingiu outro homem, que não morreu pois recebeu socorro médico.

Carlos teria agido por motivo fútil, em razão de Fábio ter mantido relacionamento com sua ex-namorada. Ele também usou de recurso que dificultou a defesa das vítimas, pois se aproximou de forma repentina e atirou à curta distância, vindo também a atingir a outra vítima que não esperava o ataque.

A juíza em substituição legal, Denize de Barros Dodero Rodrigues, acolheu as qualificadores apontadas e pronunciou o réu nos termos da denúncia.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions