A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

09/05/2011 15:44

Acusado de "vender" casas populares foi preso a 2ª vez por extorquir vereador

Ana Paula Carvalho
Homem conhecido como mário Covas, foi preso na sexta e no sábado.Homem conhecido como "mário Covas", foi preso na sexta e no sábado.

O suspeito de fazer parte de um esquema de favorecimento na distribuição de casas populares, Celso Roberto Costa, 35 anos, foi detido duas vezes em 24 horas na última semana.

Conhecido como “Mário Covas”, ele está no Garras (Grupo Armado de Repressão e Resgate a Assaltos e Sequestros) desde sábado passado. Celso havia sido liberado na sexta-feira, após prestar depoimento, mas voltou a ser preso no dia 7 em flagrante, quando tentava extorquir o vereador Vanderlei Cabeludo (PMDB), na casa do parlamentar.

A primeira vez, ele foi detido para prestar esclarecimentos sobre favorecimento na entrega de casas populares. Ele é lotado no gabinete de Vanderlei Cabeludo.

Segundo a assessoria de comunicação da Polícia Civil, no sábado Celso ligou para o assessor parlamentar de Vanderlei, foi até a casa do vereador e pediu dinheiro para mudar o depoimento, que incriminava Cabeludo.

Os funcionários acionaram a Polícia e ele acabou preso em flagrante pela PM e levado para o Garras. Na casa de Celso, onde aconteceu a prisão, havia um revolver calibre 38.

Ele é acusado dos crimes de extorsão, que tem pena de reclusão de quatro a dez anos e, por porte ilegal de arma de fogo, que pode ir de dois a quatro anos de reclusão. O inquérito será concluído até o dia 14 desse mês.

Já o crime de estelionato, por vender “lugares” na fila de espera por uma casa popular, continuará sendo investigado pela Delegacia Especializada de Defraudações.

Ainda de acordo com a Polícia, todas as denúncias feitas por Celso continuarão sendo investigadas. A delegada Rosely Molina, tem 30 dias para encerrar o inquérito.

O caso - Na sexta-feira (6), Celso prestou depoimento na Delegacia Especializada de Defraudações por estar envolvido em um suposto esquema de favorecimento na entrega de casas populares.

Segundo informações de vítimas, ele pedia R$ 800,00 dizendo que elas receberiam as casas até abril desse ano. “Ele dizia que tinha influência lá dentro e que tinha o apoio de um vereador. Nós acreditamos. Eu paguei em duas vezes porque não tinha dinheiro”, disse Maurilei Leal, 34 anos.

Polícia Civil investiga esquema de favorecimento na distribuição de casas populares
Celso Roberto Costa, conhecido como “Mário Covas”, prestou depoimento na tarde desta sexta-feira à Polícia Civil. Ele é suspeito de fazer parte de um...
Brinquedos feitos por detentos são doados para crianças em escola
Parceria feita entre a a Semed (Secretaria Municipal de Educação) e a Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) garantiu ne...
Falta de pagamento faz prefeitura suspender hemogramas na rede pública
A falta de pagamento para um fornecedor de insumos fez com que a prefeitura de Campo Grande suspendesse a partir desta quarta-feira (13) a realização...


Seu Rosenildo... Já sobrou prô bagrinho.
Enquanto isso, será que houve aumento na taxa da antecipação de fila para a casa não-tão-própria?
É sempre assim. Quando um aviãozinho cai, outro vem em seu lugar. Qual o nome e pelo jeito qual será o recinto com ar condicionado e cafézinho que será a recepção?
 
Orlando Lero em 10/05/2011 10:41:59
A maioria desses esquemas de desvios são em conjunto políticos com funcionários nomeados, entram por nomeação principalmente no legislativo e executivo já para fazer isso mesmo pois eles não tem vinculo empregatício, se forem pego já roubaram muito mesmo, e ainda tem o apoio escondido do político que o colocou lá. Por isso nós precisamos da valorização do servidor público concursado em todas as áreas, para que o dinheiro público não fique a mercê daqueles que entram e saem nos mandatos eletivos.
 
jose antonio em 10/05/2011 03:26:20
VAi sobrar para esse bagrinho aí! cadê o video que o cara fala que tem esquema do Cabeludo? Brincadeira! cada povo tem o governante que merece! o cara era tratorista e hoje é milionário! Cadê o MP e a OAB agora que o cara ficou preso o final de semana inteiro sem mandado do juiz???????? Cadê os direitos humanos?
 
rosenildo costa em 09/05/2011 10:00:07
Esse foi pego e os outros. Para a Administração Pública ter respeito é só ter TRANSPARÊNCIA. Sorteio público e com a presença da imprensa.
 
Luiz Carlos em 09/05/2011 08:22:13
Por isso que é difícil conseguir uma casa na EHMA, já faz 08 anos que tenho inscrição e nunca fui contemplado.
Isso é uma vergonha. é isso mesom Rudson.
A minha INSCRIÇÃO JÁ TEM 10 ANOS .
 
RUBENS GOMES em 09/05/2011 08:19:59
Essa é a ponta Iceberg!!! A podridao é profunda!!!
 
joao Gomes em 09/05/2011 08:19:33
investigação é o minimo que se espera. Tem gente boa levando fama de picareta,,limpam a casa enquanto é tempo.
 
paulo sergio em 09/05/2011 07:21:23
Já estou a mais de dez anos na fila tenho um filho e sou pai e mae dele la na hema eles sabem disso, e voçes achao que eu tenho duvidas se existe um esquema conheci gente que recebeu casa em troca do voto.
 
Sergio dias em 09/05/2011 07:15:54
Aí tem coisa, cade o MP nessas horas??
 
Marcos Paulo em 09/05/2011 06:43:05
Bem disse o Carlos Lima, nesse mato tem coelho....mexe que o bicho aparece!
 
Hilda França em 09/05/2011 06:18:28
Nesse mato tem coelho!!! Esse cabeludo nào é flor que se cheire...........
 
carlos lima em 09/05/2011 05:14:55

Se a Polícia realmente quer descobrir toda a FESTA, juntamente com o MP.Sugiro que comece pela gestão passada,a coisa era oba,oba...Até conseguiram eleger um Deputado,é mole?
 
neyde de oliveira em 09/05/2011 05:10:28
É assim mesmo o esquema lá dentro.Minha cunhada levou todos os documentos que pediram porque ela teria sido sorteada e qdo chegou lá a casa tinha tomado DORIL .Ninguém até hoje consegue explicar para onde foi.E vai reclamar para quem?Para o bispo.E esse miserável que vai levar a pior,pois a corda sempre arrebenta para o menos importante.
 
Maria DO Socorro em 09/05/2011 05:08:40
mais assim mesmo os grande rouba mais que vai para cadeia so os pequenos esse e o brasil
 
emilia lemes em 09/05/2011 05:00:08
Muito, tempo na fila de espera até hoje pago aluguel, por causa dessa falta de vergonha, eta país corrupto, isso nunca vai mudar, pode mudar o circo, mais os palhaços contínuam os mesmos. Quando chegam principalmente em época de eleição os candidatos, fazem várias promessas.
Tudo isso é uma injustiça, com as pessoas que tem anos esperando por uma oportunidade, de ser sorteado em uma casinha, além de pessoas que estão precisando realmente de um teto.
 
BIBIANA VANDES BORGES JARCEM em 09/05/2011 04:53:30
Brincadeira, logo que estava ferrado resolveu chutar o balde.
 
djair meneses em 09/05/2011 04:16:58
Por isso que é difícil conseguir uma casa na EHMA, já faz 08 anos que tenho inscrição e nunca fui contemplado.
Isso é uma vergonha.
 
Rudson Dutra em 09/05/2011 04:10:48
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions