A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

15/09/2015 14:55

Adolescente de 16 anos com doença rara não resiste e morre na Capital

Juliana Brum
O garoto há mais de um ano ficava só deitado e precisava da ajuda dos familiares para levantar ( Foto - Vanessa Tamires)O garoto há mais de um ano ficava só deitado e precisava da ajuda dos familiares para levantar ( Foto - Vanessa Tamires)

Após lutar há um ano pela vida, Byer Halle Aparecido Castilho Lopes, 16 anos, que tinha uma doença rara conhecida como "Síndrome Nefrótica" faleceu na última segunda (14), após os rins pararem de funcionar e sofrer um derrame cerebral.

O garoto de 16 anos que teve a vida interrompida por causa da doença que o permanecia acamado devido o inchaço produzido pela síndrome. Triste o menino sofria por não poder mais levar a vida diária como ir para a escola, brincar com os amigos porque mal conseguia levantar sozinho devido o inchaço na região da barriga e nas pernas.

Fazia aproximadamente 10 dias que Byer estava internado no Hospital Regional, após sofrer uma intensa crise de insuficiência respiratória, e na manhã de ontem, não resistiu.

A família tinha esperança que o rapaz reagisse aos tratamentos que vinham sendo aplicado com o objetivo de diminuir o inchaço reconstruindo as veias arteriais.

Síndrome Nefrótica - A quantidade excessiva de proteínas na urina e, por consequência, baixos níveis de proteína no sangue, produz excessivo inchaço na barriga e nas pernas. A doença devido ao inchaço pode sufocar até a morte, caso não seja atendido logo. Ela normalmente se manifesta em crianças de 2 anos, dificilmente em adultos ou adolescentes, ocorreu com Byer quando tinha 15 anos.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions