A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

03/11/2012 09:53

Adolescente é baleado na cabeça após troca de tiros com a PM

Ele e comparsas estavam em caminhonete furtada horas antes no bairro Jardim São Bento

Ana Paula Carvalho e Mariana Lopes
Adélia, Jhenison e João foram presos e encaminhados à Depac (Foto: Simão Nogueira)Adélia, Jhenison e João foram presos e encaminhados à Depac (Foto: Simão Nogueira)

Um adolescente de 17 anos foi baleado na cabeça após troca de tiros com policiais militares, em Campo Grande.  Ele e comparsas estavam em uma caminhonete furtada horas antes no Jardim São Bento.

O menino foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e encaminhado à Santa Casa. O resto da quadrilha foi preso e levado para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro.

Furto – Por volta das 22h de ontem, o dono da caminhonete Hillux chegou em casa na rua Rodolfo José Pinho. Como ele teria que comprar remédios para a esposa, deixou o veículo em frente à residência. Aproximadamente uma hora depois, ao sair para ir à farmácia percebeu que a Hillux havia sido furtada.

A esposa dele conversou com o Campo Grande News e pediu para não ser identificada. Ela relatou que logo que percebeu o crime ligou para a Polícia Militar e foi à delegacia registrar boletim de ocorrência. Na casa há câmeras de segurança, mas elas estavam desligadas.

Perseguição – Por volta das 00h30 policiais militares do 9º Batalhão do Nova Lima encontraram a caminhonete no bairro José Tavares. Eles iniciaram perseguição.

De acordo com os policiais, os ocupantes do veículo passaram a atirar contra a viatura. Após trocar tiros, eles conseguiram abordar o veículo quando estavam na rua João de Paulo Ribeiro, no bairro Campo Novo.

Caminhonete ficou com marcas de tiros (Foto: SImão Nogueira)Caminhonete ficou com marcas de tiros (Foto: SImão Nogueira)

Os policiais perceberam que o adolescente havia sido atingido por um disparo e chamaram o Corpo de Bombeiros. Com ele estavam dois revolveres calibre 38. Uma arma estava com as seis municções intactas e a outra estava com três intactas e três deflagradas. Os comparsas disseram saber apenas que o menino é conhecido como “bebê”.

Foram presos: João Alessandro Rodrigues Pereira, de 23 anos, Jhenison da Silva Maciel, 20 anos, e Adélia Aparecida Alves, de 34 anos. Todos têm passagem pela Polícia.

João estava foragido do sistema prisional onde cumpria pena por homicídio e assumiu que um revolver era dele. Jhenison tem passagens por homicídio, formação de quadrilha, porte ilegal de arma e furto. Adélia tem passagem por ameaça.

À Polícia Jhenison disse que o adolescente pagou R$ 200 para outra pessoa, que ainda não foi identificada, furtar a caminhonete. De acordo com ele, a quadrilha buscou o veículo no bairro Tarsila do Amaral e iriam guardar para vender depois.



uma Hiilux, dependendo do ano, vale cem mil reais, é por isso que ta cheio de vagabundos sem trabalhar, fazendo festa, viajando e nadando em dinheiro sem fazer nada. Prestem atenção na idade desses ladrões, todos jovens, a única mulher envolvida tem 34 anos, pode apertar ela, que aí tem.
 
luis de almeida em 04/11/2012 15:24:43
Ainda bem que o morto nao foi o policial. Espero que seja considerada o estrito cumprimento do dever legal ou legitima defesa, pois ultimamente os policiais ainda tem de responder por homicídio mesmo estando em serviço e socorrendo os marginais.
 
Eliane Ferreira em 03/11/2012 20:29:40
Parabéns à polícia. Pena que os outros 3 bandidos escaparam ilesos. Mais sorte na próxima vez.
 
Everton Rocha em 03/11/2012 17:36:40
Estes são os verdadeiros profissionais da segurança pública do a Mato Grosso do Sul e merecedores da PEC 300 que foi engavetada recentemente, por determinação da nossa presidenta. Parabéns polícia militar do MS.
 
Manoel L. Moraes em 03/11/2012 15:34:07
Sem brincadeira, o policial que fez essa "faxina" merece ser promovido !! Não é incentivo de tirar a vida de alguém, mas sim de conseguir impor com sucesso a sua atribuição como manda a lei de servir , proteger e se proteger também!! E isso é um caso isolado mas que tem que servir sempre de lição para quem ousa enfrentar a polícia. E outra, antes que vá embora um marginal disposto a matar, do que um cidadão de bem!
 
Marcello Maia em 03/11/2012 13:45:38
Parabéns a PM pela resposta precisa ao delito, tiro certeiro.
 
Erick Silva em 03/11/2012 12:46:38
Parabens a PM pela rapidez na ação.As vitimas possuem cerca eletrica,mas não funciona, poem cameras mas estão sempre desligada, como seus donos, sempre desligados do mundo,facilitando a ocasião faz o ladrão.Bobeou dançou.
 
samuel gomes-campo grande em 03/11/2012 12:20:55
Parabéns a PM por mais uma ação em que o "bem venceu o mal". Pena que esses indivíduos de alta periculosidade, pois são homicidas, estavão livres cometendo mais crimes. Nossas leis e justiça são muito falha. Esse tipo de pessoa não tem mais recuperação. Deveriam ficar presas eternamente, pois se soltos, voltarão a cometer novamente mais crimes.
 
Marcos Dias em 03/11/2012 12:15:06
Parabéns para os políciais militares que em poucas horas resgataram o veículo roubado.
Eles nem precisaram das fotos das câmeras de segurança "porque estavam desligadas".
Quanto aos bandidos, que já são "clientes da polícia" tomara que enferrujem no xadrez.
 
VALDIR VILLA NOVA em 03/11/2012 10:26:45
O caminho do crime só tem dois destinos, cadeia ou morte. Parabéns aos policiais pela ação!
 
André Serra em 03/11/2012 09:59:01
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions