ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, SEGUNDA  26    CAMPO GRANDE 23º

Capital

Advogado é preso em cartório tentando vender terreno de outra pessoa

O flagrante feito por policiais do 1º DP foi ontem à tarde no cartório do 5º ofício

Viviane Oliveira e Bruna Marques | 05/10/2022 12:21
Imagem do terreno que o advogdo dizia ser dono (Foto: Direto das Ruas)
Imagem do terreno que o advogdo dizia ser dono (Foto: Direto das Ruas)

Advogado de 38 anos foi preso tentando vender terreno de propriedade de outra pessoa, na Chácara dos Poderes, em Campo Grande. O flagrante aconteceu ontem (4), no cartório do 5º ofício, na Rua Dom Aquino, no Centro de Campo Grande.

O advogado foi denunciado pelas vítimas, de 43 anos e 48 anos, que desconfiaram da situação e acionaram a polícia. O advogado dizia que era dono do terreno e de mais 7 chácaras na região, que havia recebido em honorários e tinha autonomia para negociá-los.

Uma das vítimas contou que viu o anúncio na internet da venda do terreno e ficou interessada. Ela, então, entrou em contato com o suposto proprietário, que se apresentou como Alessandro. Porém, no dia do encontro foi o advogado quem apareceu afirmando ser o verdadeiro proprietário.

Ela e o marido, então, acreditando que o advogado realmente seria o dono, concordaram em dar continuidade na transação, confeccionando um contrato preliminar. Porém, no decorrer da negociação a mulher passou a desconfiar da situação e foi atrás de informação na prefeitura e descobriu que a chácara pertencia a outra pessoa.

Ao entrar em contato com o advogado do verdadeiro proprietário, a mulher teve certeza que se tratava de golpe. A polícia foi acionada e o advogado acabou preso no cartório. Ele passou por audiência de custódia na manhã desta quarta-feira (4) na Justiça e foi liberado após pagar fiança no valor de  R$ 3.636.

Nos siga no Google Notícias