A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 23 de Fevereiro de 2018

10/08/2017 12:00

Agepen investiga quem invasores queriam buscar em presídio da Gameleira

Dupla entrou na unidade esta madrugada e um foi preso perto das celas; Suspeito estava foragido desde o dia 4 de agosto

Yarima Mecchi
Presídio da Gameleira. (Foto: André Bittar)Presídio da Gameleira. (Foto: André Bittar)

A Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) está investigando quem a dupla que invadiu o Centro Penal Agroindustrial da Gameleira queria libertar - o presídio fica na zona rural de Campo Grande. Os suspeitos quebraram o alambrado e entraram no local por volta da 00h05 desta quinta-feira (10).

De acordo com a assessoria de imprensa da Agência, o suspeito Fábio Alvarenga Britos, de 34 anos, que foi abordado próximo ao local onde ficam os presos tetando libertar um homem, estava foragido do sistema semiaberto desde o dia 4 de agosto. O outro envolvido na invasão conseguiu fugir.

Fábio foi preso por agentes da Gameleira e encaminhando para o Presídio de Segurança Máxima da Capital. Segundo a Agepen, ele não informou quem eles queriam auxiliar na fuga. A Agência suspeita que a dupla queria auxilar um dos homens que estão em medida disciplinar e impedido de sair da unidade.

Caso - Dois homens invadiram o Centro Penal Agroindustrial da Gameleira na tentativa de libertar presos do local. De acordo com o Boletim de Ocorrência, Fábio Alvarenga Britos, de 34 anos, e mais um comparsa, estava com alicate e um pedaço de ferro. Instrumentos estes utilizados para romper um alambrado.

Segundo a polícia, os suspeitos foram notados através do circuito interno de segurança da unidade. Fábio e seu comparsa teriam quebrado o alambrado da unidade e rompido o cadeado que dá acesso as celas do Centro Penal. Os agentes relataram a polícia que estava acompanhando a situação pelas câmeras e abordaram os suspeitos próximo ao local onde ficam os presos.

De acordo com registro policial, o suspeito já tinha fugido do sistema penal e reagiu a prisão. Os agentes relataram a polícia que foi necessário o uso da força moderada para prender o Fábio. Ele ficou com escoriação nas costas e cabeça.

O caso foi registrado como figa de pessoa presa ou submetida a medida de segurança na forma tentada, na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do bairro Piratininga.

Homem morre após ser baleado por rua do Jardim Monte Alegre
Homem, ainda não identificado, morreu depois de ser baleado pela Rua Padre Julião Urquiza, no Jardim Monte Alegre, região sul de Campo Grande. O crim...
Homem é preso com R$ 100 mil de contrabando em shopping
Um homem foi preso pela PRF (Polícia Rodoviária Federal), esta tarde (22), no Estacionamento do Shopping Bosque dos Ipês, transportando carga avaliad...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions