A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 20 de Setembro de 2019

02/09/2019 14:47

Agetran diz que avenida é sinalizada, mas pode avaliar pedido de redutor

Pedestre foi atropelado nesta manhã e motorista reclamou de abuso de velocidade na via

Marta Ferreira
Viaturas dos bombeiros no local do atropelamento ocorrido nesta manhã. (Foto: Henrique Kawaminami)Viaturas dos bombeiros no local do atropelamento ocorrido nesta manhã. (Foto: Henrique Kawaminami)

A Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) de Campo Grande considera a avenida Fábio Zahran bem sinalizada, mas diz que, quando recebe, avalia os pedidos para instalação de sinalizações tal como redutores de velocidade. A informação é do diretor-presidente, Janine Lima Bruno, em resposta a pedido feito por motorista que trabalha perto da via, nesta manhã, depois de  atropelamento no trecho da Vila Carvalho.

Em entrevista ao Campo Grande News, o motorista Clodoaldo da Silva, 45 anos, contou que acidentes são recorrentes na avenida e reclamou da falta de redutor de velocidade. ''Não tem semáforo, quebra-molas e nem faixa de pedestres. Tem carro que passa a 100 km/h", disse. O acidente aconteceu no meio de uma quadra.

De acordo com o diretor-presidente da Agetran, a via, que é relativamente recente, é toda sinalizada, com faixas de pedestre, semaforização e travessias elevadas para os pedestres. “Mesmo assim, quando há solicitação, a gente avalia tecnicamente”.

Janine diz porém, que em uma análise superficial, tudo indica que o trecho, mais do que novos elementos de sinalização, precisa de respeito à velocidade máxima permita, de 50 km horários, e de atenção tanto de pedestres quando de motoristas.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions