A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

30/07/2014 17:54

Agetran faz blitz para tirar das ruas veículos velhos e irregulares

Lidiane Kober

Campanha vai intensificar blitz de trânsito para tirar das ruas de Campo Grande veículos em condições de risco, com documentação irregular e para inibir a circulação de condutores não habilitados.

A fiscalização será realizada de surpresa em diversos pontos da cidade e contará com equipamento capaz de identificar placas ilegais.

Coordenada pela Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), com o apoio do Batalhão de Polícia de Trânsito e do Detran-MS (Departamento de Trânsito de Mato Grosso do Sul), a campanha visa reduzir acidentes.

“Condutores sem habilitação têm sido causadores frequentes de acidentes. Nosso trabalho é garantir a segurança nas ruas", frisou o chefe de Divisão de Operação e Fiscalização de Trânsito, José Alves Arruda.

Neste sentido, segundo ele, o foco das blitz será analisar as condições do veículo, a documentação do carro e do condutor.

“As ações buscam conscientizar os condutores sobre a importância do cumprimento das normas de trânsito e, dessa forma, evitar multas e, principalmente, os acidentes”, comentou o diretor-presidente da Agetran, Jean Saliba.

A fiscalização contará com o apoio de carro dotado de OCR (Sistema de Reconhecimento Óptico de Caracteres), que identifica pelos caracteres da placa as irregularidades do veículo.

Em apenas um segundo, o equipamento faz a leitura das placas dos veículos, consulta o banco de dados e repassa as informações para os agentes de trânsito.

Multas - Conduzir veículo registrado que não esteja devidamente licenciado faz o condutor perder sete pontos na carteira e gera multa de R$ 191,53.

Já dirigir veículo sem possuir habilitação causa multa de R$ 574,61. No caso de conduzir sem equipamento obrigatório, a penalidade é de R$ 127,69 e menos cinco pontos. Dirigir com equipamento obrigatório, mas ineficiente ou inoperante gera mesma multa.

Guarda oferece palestra sobre prevenção e combate às drogas em Uneis
Jovens da Unei (Unidades Educacional de Internação) Dom Bosco e da Unidade de Internação Feminina Estrela do Amanhã, em Campo Grande, receberam pales...
Cadastramento biométrico é oferecido pela Carreta da Justiça em Anhanduí
Desde o início desta semana a Carreta da Justiça está realizando atendimentos da biometria no distrito de Anhanduí, no município de Campo Grande, gra...


Infelizmente a legislação de transito brasileira isenta de impostos os carros velhos, antigos e poluidores, sendo que deveria ser o inverso, carro novo deveria pagar menos IPVA já que o dono teve que arcar com muito dinheiro para compra-lo e o carro velho com o passar dos anos deveria pagar mais impostos, assim incentivaria a compra de carros novos e o crescimento da economia.
 
Marcos Wild em 30/07/2014 19:17:40
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions