A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

02/06/2014 12:28

Ajuda surpreende e dá força para o recomeço após destruição pelo fogo

Aliny Mary Dias
Roupas doadas encheram guarda-roupas improvisado das famílias (Foto: Cleber Gellio)Roupas doadas encheram guarda-roupas improvisado das famílias (Foto: Cleber Gellio)

Surpresas com a solidariedade e esperançosas em recomeçar, assim estão as amigas e mães Josimeire Fortunato de Paula, 30, e Cristiane Almeida dos Santos, 27. As duas mulheres, mães de seis filhos ao todo, perderam tudo em incêndio no último sábado (31) depois que o ex-marido de Josimeire ateou fogo na casa de Cristiane, situada no bairro Mário Covas em Campo Grande.

A tristeza e o desespero em ver roupas, móveis, comida, moto e até o salário do mês se transformarem em cinzas deu lugar à gratidão. Depois que o Campo Grande News mostrou a história das duas famílias no sábado e divulgou o contato das vítimas do incêndio, várias ligações carregadas da vontade de doar chegaram até as mães.

Mais de 20 pessoas, entre elas jovens, idosos, homens, mulheres e até crianças ajudaram as famílias. Foram doadas cestas básicas, caixas de leite, roupas, calçados e até uma televisão. Tudo serviu para encher a despensa de uma casa improvisada onde Josimeire vivia antes de se mudar para a casa da amiga Cristiane, na época ela fugia das ameaças do ex-marido.

Com as refeições das próximas semanas garantidas, Josimeire e Cristiane conseguem pensar com mais calma nos próximos passos que serão dados em busca de um futuro melhor para os cinco filhos de Josimeire, que está grávida de 8 meses, e o filho de Cristiane.

Roupas e cestas básicas foram levadas para as amigas (Foto: Cleber Gellio)Roupas e cestas básicas foram levadas para as amigas (Foto: Cleber Gellio)
Josimeire espera que a apuração do caso seja rápida (Foto: Cleber Gellio)Josimeire espera que a apuração do caso seja rápida (Foto: Cleber Gellio)

“A gente ficou muita espantada, nunca passamos por isso e ficamos felizes em ver tanta gente doando comida e roupa. Não temos nem como agradecer, muitos choraram quando chegaram aqui e viram nossa situação”, conta Josimeire.

Para as crianças, o susto vai demorar a passar. Principalmente para o mais velho de Josimeire, Cauã tem 15 anos e tem deficiência mental moderada. Ele sofreu queimaduras no pescoço e nas costas no dia do incêndio e as feridas ainda vão demorar para cicatrizar. “Estamos passando remédio nele, mas os outros também estão assustados. Eles não entendem o que aconteceu e estão assustados com tudo isso”, diz.

Cristiane que teve a casa incendiada pela fúria do ex-marido da amiga, já decidiu que não quer mais viver no bairro. Por enquanto, ela está na antiga casa de Josimeire e agora virou a hóspede da amiga. “A gente não tem dinheiro, perdeu todo o salário no incêndio. Meu marido está atrás de uma casa para alugar e queremos sair daqui porque temos medo”, conta Cristiane.

Apuração - O medo persiste nas duas famílias, mas uma notícia animou as amigas. Na manhã desta segunda-feira (2), o ex-marido de Josimeire, identificado como Cláudio, se apresentou na 5ª delegacia de Polícia Civil da cidade acompanhado de um advogado. No dia do incêndio, a Polícia Militar não foi ao local, apesar dos chamados de vizinhos.

Conforme relatos das amigas, o homem desmentiu toda a situação ao delegado e afirmou que não ateou fogo na residência. Josimeire e Cauã, os únicos com ferimentos leves em razão das chamas, passarão por exame de corpo de delito na tarde de hoje no Imol (Instituto de Medicina e Odontologia Legal) e amanhã devem ir até à DEAM (Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher) prestar depoimento.

Quem puder ajudar as famílias com móveis e roupas infantis pode entrar em contato com Edivadson, marido de Cristiane, no número 9131-5146 ou ir até a Rua Leandro da Silva Salinas, esquina com a Rua Paca, no bairro Mário Covas e procurar pela família que está na casa de vizinhos.

Mães e filhos agradecem solidariedade de campo-grandenses (Foto: Cleber Gellio)Mães e filhos agradecem solidariedade de campo-grandenses (Foto: Cleber Gellio)
Promotoria e prefeitura firmam acordo para recuperar área de preservação
Foi celebrado entre o MPE (Ministério Público Estadual) e a prefeitura de Campo Grande acordo para recomposição da vegetação nativa da área de preser...
Concurso recebe inscrições para 83 vagas técnico-administrativas
Seguem abertas as inscrições para o concurso que oferece 83 vagas para técnico-administrativos em Educação na UFMS (Universidade Federal de Mato Gros...
Vice-governadora visita projeto em que detentos reformam escolas
O projeto "Pintando e Revitalizando a Educação com Liberdade", desenvolvido pelo Poder Judiciário estadual, foi conhecido e elogiado na sexta-feira (...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions