ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, QUINTA  13    CAMPO GRANDE 31º

Capital

Alegando prejuízo de R$ 8,4 milhões, Santa Casa nega pedido de atender 100% SUS

Relatório foi encaminhado à 32ª Promotoria de Justiça em 24 de novembro

Lucia Morel | 27/12/2021 15:00
Sede da Santa Casa de Campo Grande. (Foto: Kísie Ainoã)
Sede da Santa Casa de Campo Grande. (Foto: Kísie Ainoã)

A Santa Casa de Campo Grande negou pedido do Ministério Público de Mato Grosso do Sul através da 32ª Promotoria de Justiça de se transformar em hospital para atendimento 100% SUS (Sistema Único de Saúde). Alegando, principalmente, dificuldades financeiras, a entidade, mantida pela ABCG (Associação Beneficente) afirma que teria perdas na ordem de R$ 8,4 milhões.

Relatório encaminhado à promotoria em 24 de novembro, informa que o ideal, no caso de hospitais do porte da Santa Casa, seria de atuar de forma privada em até 40% para cobrir o déficit causado pelo SUS. Por outro lado, a medida só é interessante para unidades hospitalares com até 100 leitos. A Santa Casa tem 612 leitos, sendo 495 para rede pública e 117 para a rede privada.

Fonte: Inquérito Civil
Fonte: Inquérito Civil

Assinado pelo presidente Heitor Rodrigues Freire, o documento mostra ainda que houve decisão da Justiça Federal que condena o SUS a ressarcir o hospital por serviços não pagos a fim de obter o reequilíbrio econômico-financeiro da instituição.

Atualmente, os serviços ofertados pela Santa Casa atendem 80% SUS e o restante dá entrada pelo atendimento privado.

Nos siga no Google Notícias