ACOMPANHE-NOS    
MAIO, SEXTA  27    CAMPO GRANDE 28º

Capital

Mulher alega ser humilhada há dez anos e esfaqueia o marido no Jd. Noroeste

Ela passava pomada no peito da vítima, que agonizava, quando policiais os encontraram em casa

Por Lucia Morel | 25/01/2022 06:22
Rua Vaz de Caminha, no Noroeste, onde fica casa onde crime ocorreu. (Foto: Google Maps)
Rua Vaz de Caminha, no Noroeste, onde fica casa onde crime ocorreu. (Foto: Google Maps)

Alegando ser humilhada constantemente pelo esposo, com quem é casada há dez anos, mulher de 48 anos confessou ter tentado assassinar o marido, de 39, com uma facada no peito na madrugada de hoje, no Jardim Noroeste. Ela foi encontrada pela polícia na casa do casal, ao lado da cama onde ele estava deitado, agonizando, passando uma pomada no peito da vítima.

Os policiais militares chegaram ao local após denúncia de familiares de que teria havido um atentado às 01h de hoje. Testemunhas do caso, os pais do homem relataram que a nora teria tentado matar o filho deles.

Ao entrarem no quarto, os policiais encontraram o homem deitado na cama, agonizando, inconsciente e com muito sangue nos lençóis, nas roupas e pelo chão. A esposa passava uma pomada no peito dele e questionada, disse aos militares que outra pessoa havia tentado matar seu marido.

No entanto, pouco depois, acabou confessando que ela mesma havia esfaqueado o homem por não suportar mais as humilhações em dez anos de casamento e que nesta madrugada, após nova discussão, havia resolvido matá-lo. No local, uma faca de serra com cabo azul, usada no crime, foi recolhida pela perícia.

O Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi acionado e a vítima encaminhada para a Santa Casa de Campo Grande. A esposa foi presa e encaminhada para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro.

Nos siga no Google Notícias