A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

13/04/2011 14:38

Aluno denuncia universidade por cobrança diferenciada no cartão de crédito

Jorge Almoas

A UCDB (Universidade Católica Dom Bosco) não considera o mesmo valor da mensalidade nos pagamentos feitos em espécie e com cartão de crédito. No entanto, os órgãos de defesa do consumidor consideram as duas formas como pagamento à vista, ou seja, o mesmo valor deve ser aceito nas duas modalidades.

A denúncia foi feita ao Campo Grande News pelo leitor Rafael Gushiken. Ele conta que a universidade não aceita o pagamento via cartão de crédito, por considerar que a modalidade não é à vista, uma vez que as operadoras de cartão de crédito não realizam a transferência do valor no ato do pagamento.

Segundo o Procon, a prática fere o incisos V (exigir do consumidor vantagem manifestamente excessiva) e X (elevar sem justa causa o preço de produtos ou serviços) do artigo 39 do Código de Defesa do Consumidor.

A assessoria de imprensa da UCDB informou que a universidade adota a política de não receber o pagamento via cartão de crédito entre os dias 1º e 10 de cada mês, por ser o período em que são concedidos descontos de pontualidade.

Outro ponto destacado por Rafael é sobre o aumento na mensalidade. O acadêmico reclama que o preço pago para cursar ensino superior sofreu reajuste acima da inflação.

“Em 2010 o valor da mensalidade do curso de Administração era R$ 565,60. Nesse ano, o valor foi para R$ 602,00, um aumento de R$ 36,40 ou 6,43%”, disse Rafael.

A inflação medida pelo IPCA fechou 2010 com uma taxa acumulada de 5,91% .

Sesau e SES recolhem quase 10 toneladas de lixo no Jardim Noroeste
A ação de recolhimento de lixo realizada em casas e terrenos baldios no Jardim Noroeste - bairro localizado na regiões leste de Campo Grande - somou ...
Apae recebe doação de brinquedos da campanha Compartilhe o Natal
Foi iniciado nesta segunda-feira (11) a entrega de brinquedos arrecadados na campanha "Compartilhe o Natal", realizado pelo Ministério Público Estadu...
Ação oferece serviço especial na UBSF do Tarumã nesta terça-feira
A UBSF (Unidade Básica de Saúde da Família) do Tarumã promove nesta terça-feira (12) diversas atividades voltadas para a promoção de saúde da populaç...


Considerando tratar-se de uma entidade filantrópica, sem fins lucrativos que, por esse motivo, recebe concessões do governo em termos de isenção de impostos realmente nos deixa indignados tal conduta. Acessar universidades públicas atualmente é privilégio de quem dispõe de tempo integral para dedicar-se aos estudos, as particulares sobram aos que trabalham e precisam desdobrar-se para custear seus estudos. Um pouco de bom senso por parte da adm. da UCDB seria bem vindo.
 
Antonio João de Oliveira Júnior em 13/04/2011 08:28:50
A UCDB não surgiu como entidade filantrópica? Pq reclama tanto das mensalidades que os acadêmicos "suadamente" pagam? Que fins os instituidores daquela Universidade tão conceituada têm almejado?
 
Rafael Andrade Gusmão em 13/04/2011 05:12:33
O aumento é um absurdo no geral né...este país ta parecendo velho oeste (sem dono) a começar dos parlamentares que reajustam os proprios salarios em 64%. Depois vem a empresa energetica 18,42%, o pão em 6,..% e o salrio minimo ??????

...e o povo vai levando, vai sendo explorado pelo sistema e trabalhando mais e comendo menos, e ta tudo bem........
 
Daniela Fialho em 13/04/2011 03:47:13
o aumento da mensalidade é um absurdo, é em todas a instituições....
vc trabalha, pra nada, aumenta salário e tbm aumenta as coisas, hj em qq universidade vc paga até pra andar suponhamos, é um absurdo de caro.
e tem muitas pessoas que ganham melhor do que uma pessoa q tem o ensino superior.

ESSE ESTADO,BR NAO VAI PRA FRENTE...
 
erika da silva santos em 13/04/2011 03:23:21
Que bom saber que estão dando atenção para este assunto. Não é apenas o curso deste rapaz que teve aumentos absurdos. O curso que faço, no ano passado teve reajuste de mais de 12% e no meio do ano novamente um novo reajuste. E tenho dúvida se este reajuste no meio do ano é permitido segundo o contrato que firmamos com a universidade.
 
Bruna F. em 13/04/2011 03:21:50
Sou academico da UCDB também e acho um abuso, a mensalidade subir tanto assim, como subiu esse ano, no meu curso, amentou também. Todo ano e todo dia 5, dia do vencimento da mensalidade, o banco fica cheio, porque eles não aceitam cartão de crédito, só de Debito. Espero que seja feita alguma mudança.
 
Raphael da SIlva Cruz em 13/04/2011 03:05:43
Realmente não querem receber o mesmo valor diretamente no caixa. Mas se pagar pelo banco é possível escolhor como modalidade de pagamento o cartão de crédito. Paga-se apenas a taxa de 2% ao cartão. Melhor do que pagar a mais para a UCDB pois acumulamos pontos para quem tem o plano de fidelidade.
Acho que vale à pena.
 
Luciano de souza Lima em 13/04/2011 03:02:09
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions