ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, QUARTA  19    CAMPO GRANDE 29º

Capital

Alunos devem ter acompanhamento psicológico após tiro em sala de aula

A escola deve manter o funcionamento normal nesta quinta-feira (18)

Adriano Fernandes | 17/10/2018 20:10
Encontro de aluno com a mãe na saída do colégio após o ocorrido. (Foto: Paulo Francis)
Encontro de aluno com a mãe na saída do colégio após o ocorrido. (Foto: Paulo Francis)

Com previsão de funcionamento normal a partir desta quinta-feira (18) o Colégio Adventista no Jardim dos Estados, informou que vai prestar todo o acompanhamento psicológico aos alunos que presenciaram o momento em que um dos alunos do colégio, atingiu o próprio pé com um tiro de pistola, esta tarde (17).

Em nota, a direção também lamentou o ocorrido e informou que “está prestando a assistência necessária à criança, à família e à polícia na investigação”. O pequeno de 9 anos entrou com a pistola modelo 640 no colégio, escondida dentro de uma lancheira, de onde ele também efetuou o disparo durante uma aula de Geografia do 4º ano.

O tiro acertou a própria perna e o pé do garoto. “Imediatamente, foi chamado socorro médico para o aluno e os demais colegas foram encaminhados para outra sala, onde ficaram em segurança”, detalhou a escola

A criança está internada na Santa Casa de Campo Grande, mas seu quadro clínico é estável. “A segurança e bem-estar emocional dos alunos é preocupação primordial neste momento. Os alunos que presenciaram o ocorrido e todos os que sentirem necessidade terão atendimento psicológico”, diz a nota.

Ferido - O aluno disparou a arma por volta das 16h30 e meia hora depois foi socorrido em uma ambulância particular da empresa Qualisalva e levado para o Proncor e depois para o Prontomed da Santa Casa de Campo Grande. O menino é filho de um agente da perícia da Sejusp (Secretaria de Justiça e Segurança Pública).

O trânsito na região ficou tumultuado devido à saída dos alunos do colégio e ao fato de a rua ter sido fechada pelas equipes de polícia.

 

Nos siga no Google Notícias