A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

16/04/2011 21:25

Amigos de rapaz espancado tentaram avisar PM, mas não receberam atenção

Jorge Almoas e Paula Maciulevicius

Dois amigos do estudante de Artes Visuais espancado por um grupo de jovens na madrugada da última sexta-feira tentaram avisar a polícia sobre o carro em que os agressores estavam, mas não receberam atenção. A suspeita é que a agressão foi motivada por homofobia, que é a aversão ao comportamento homossexual.

O Campo Grande News conversou com o amigo, de 22 anos, que estava ao lado do rapaz agredido quando o carro parou e começou a xinga-los de “veados”. Quando dois rapazes desceram do veículo para agredi-los, eles correram pela Rua Bahia em direção à Avenida Fernando Corrêa da Costa.

O rapaz agredido resolveu virar na avenida e acabou alcançado pelos agressores, que chutaram e deram socos na sua barriga e cabeça. O amigo continuou correndo e se refugiou em um condomínio próximo.

De lá, ele ligou para um terceiro amigo, que estava um pouco mais afastado quando os agressores abordaram os dois. Eles ficaram escondidos dentro do condomínio e tentaram ligar para o celular do rapaz agredido, mas sem sucesso.

Ainda escondidos, os dois jovens viram o carro dos agressores, um Corsa de cor preta, passando pela Joaquim Murtinho, supostamente na tentativa de agredir os demais colegas do rapaz espancado. Eles anotaram a placa do carro.

“Eles não viram a gente e desistiram. Ficamos um tempo na frente do condomínio e decidimos sair, para tentar ajuda. Encontramos uma viatura da PM, contamos todo o caso e pedimos socorro”, conta o rapaz de 22 anos.

Antes de encontrar a viatura, os amigos conseguiram falar com o rapaz agredido, que foi ajudado por três pessoas em um veículo que passava pelo local, e descobriram que ele já estava a caminho de casa.

“Quando pedimos para os policiais irem até a casa dele, para saber como ele estava e tentar ajudar a localizar os agressores, eles nem deram bola. Disseram que era muito longe e não podiam sair dali”, reclama o amigo de 18 anos.

Um detalhe contado pelo rapaz agredido ao Campo Grande News é que ele chegou a ver o carro dos agressores depois que foi socorrido pelo grupo de três pessoas. O grupo perguntou se aquele era o carro, mas o rapaz negou, com medo de possível retaliação.

“Eu não aguentava mais correr, e eles vieram de novo. Pensei em pular no córrego para fugir. Minha cabeça dói, as costas, eu achei que tinha quebrado tudo. Meus dentes estão moles de tanto apanhar”, descreveu o jovem, destacando que os agressores, aparentemente, faziam o ato de brutalidade pela primeira vez.

Com a ajuda de um conhecido na policia, a família descobriu o endereço onde o carro dos agressores está registrado. A casa fica em um dos bairros mais nobres de Campo Grande, confirmando a suspeita das vítimas de que os agressores pertencem a uma classe social mais elevada.

O caso continua no 1º DP de Campo Grande, onde foi registrado. Os nomes foram preservados a pedido dos entrevistados.

Rapaz sofre agressão motivada por homofobia no centro da Capital
Agressores zombavam do rapaz enquanto desferiam socos e chutes Um rapaz de 21 anos foi espancado na madrugada desta sexta-feira (15), na região cent...
Abstenção em concurso da Câmara Municipal da Capital passa dos 30%
O domingo (17) foi de provas para milhares de campo-grandenses, tanto na manhã como no período da tarde, no concurso da Câmara Municipal, que segundo...
Com forte dores, mulher reclama de falta de atendimento em UPA
Mesmo apresentando fortes dores e inchaço na região do estômago, sem conseguir comer a três dias, uma mulher que procurou atendimento na UPA (Unidade...
Problema rotineiro, chuva causa alagamentos no bairro Cidade Morena
A chuva que atingiu Campo Grande no fim da tarde deste domingo (17) causou vários problemas à população, desde alagamentos a problemas estruturais em...


ao policial everton
Concordo com a contribuinte Angélica, vc só ta defendendo a classe policial, porém fez academia e juramento de salvar vidas então nao tente justificar incopetencia com falta de combustível!!!!Vcs tem obrigação de nos dar segurança 24 hs ja que os pagamos pra faze-lo.
 
Angelina Mota em 19/04/2011 08:05:24
Muito lindo os depoimentos de Everton e de Bruno Felix, porém, se esquecem que o trabalho policial é uma escolha e mesmo sendo um trabalho louvável, ainda assim é um serviço público e como tal deve ser tratado com toda competência, presteza e eficiência possível. Não temos um só culpado para esta situação. A polícia tem sim o dever de socorrer um transeunte ou qualquer cidadão que pedir por socorro em uma situação dessas e se não puder socorrer, contatar quem deveria socorrer. Eximir os policiais de culpa nada mais é do que favoritismo. Admiro o trabalho dos policiais, mas assim como um médico, que escolheu ser médico e tem o dever de fazer todo o possível para salvar a vida de um cidadão que está no pronto socorro em suas mãos, o policial tem o dever de nos servir e proteger, pois este é o seu trabalho, o trabalho que "ele escolheu". Senão, nada mais é do que um incompetente.
 
Alessandro Riquelme em 18/04/2011 12:57:38
Ah, mas se a justiça do homem falha, a de Deus certamente não... Um dia esses marginais da alta sociedade serão pais e de repente de um "veado" como eles denominam... Só assim para sentirem o que sentimos. Hoje não adianta, eles devem se orgulhar do que fizeram. Será que os pais não sabem da índole desse filhos? Acho que não... Ta certo quem diz que as pessoas de bem tem que andar com um 38.
 
Andréia Silva em 17/04/2011 12:25:47
Que coisa,hein? Sabe se a placa do Corsa preto e o endereço dos covardes e até agora não se tem noticia da prisão dos mesmos.Ah, já sei ! "Devogados" deles já ligararam e prometeram apresenta-los na segunda,assim que passar o periodo de flagrante,a PM não precisa ter o trabalho de ir atrás na casa para prende-los.Essa historia de homofobia tá virando moda,não tem nada a ver, pois trata-se de crime de agressão contra dois cidadãos de bem que passeavam na rua.As vitimas nem ao menos disse que são gays! Vamos aguardar a APRESENTAÇÃO dos deliquentes pra ver o que vão dizer.Por fim, o processo pode se arrastar por anos e ao final os malfeitores vão pagar cestas basicas, e pronto!
 
samuel gomes-campo grande em 17/04/2011 11:43:36
angelica se vc não sabe dependendo do local em que mora o solicitante a viatura não pode sair da area somente com autorização do CIOPS, alem do mais o salario não é tão alto assim, e vá vc trabalhar a noite toda com somente uma viatura na area central e atender acorrencias enquanto vc esta dormindo. e pagando o seu imposto para pagar o salario dos deputados e do governador, pois o salario de policial (meu) eu mesmo pago pois tb pago imposto ( AGUA, LUZ, ALUGUEL, IPTU E IPVA) como qualquer cidadão de bem mas com uma diferança eu arrisco aminha vida enquanto vc esta dormindo ou se divertindo.

"Não devemos ter medo dos confrontos... até os planetas se chocam e do caos nascem as estrelas." Charles Chaplin


Quando Deus criou o POLICIAL

Lindo e verdadeiro, que Deus proteja a esses heróis que ainda sim, querem ser POLICIAIS!!!!


QUANDO DEUS CRIOU O POLICIAL


...Deus estava no sexto dia de horas extraordinárias, quando aparece um Anjo e
lhe diz:

- Estás levando muito tempo nessa criação Senhor!

- O que tem de tão especial esse homem?

Deus respondeu:

- Tu já viste o que me pedem neste modelo?

- Um policial tem que correr 10 km por ruas escuras, subir paredes, pular
muros, entrar em matagais, entrar em casas que nem um fiscal de saúde pública
ousa penetrar, e tudo isso, sem sujar, manchar ou rasgar o seu uniforme. - Tem
que estar sempre em boa forma física, quando nem sequer lhe dão tempo para
comer.

- Tem que investigar um homicídio, buscar provas nessa mesma noite e, no outro
dia, ir ate o tribunal prestar depoimento.

- Também tem que possuir quatro braços, para poder dirigir sua viatura, atirar
contra criminosos e ainda chamar reforço pelo rádio.

O anjo olha para Deus e diz:

- Quatro braços? Impossível!

Deus responde:

- Não são os quatro braços que me dão problemas e sim os três pares de olhos
que necessita.

Isto também lhe pedem neste modelo? Pergunta o Anjo.

- Sim, necessita de um par com raio-x, para saber o que os criminosos escondem
em seus corpos. Necessita de um par ao lado da cabeça para que possa cuidar de
seu companheiro e outro para conseguir olhar uma vítima que esteja sangrando e
ter discernimento necessário para dizer que tudo lhe sairá bem, quando sabe que
isto não corresponde à verdade.

Neste momento, o Anjo diz:

- Descansa e poderás trabalhar amanhã.

- Não posso, responde Deus!

- Eu fiz um policial que é capaz de acalmar ou dominar um drogado de 130
quilos sem nenhum incidente e, ao mesmo tempo, manter uma família de cinco
pessoas com seu pequeno salário. Ele estará sempre pronto para morrer em
serviço, com sua arma em punho e com sentimento de honra correndo junto ao
sangue.

Espantado o Anjo pergunta a Deus:

- Mas Senhor, não é muita coisa para colocar em um só modelo?

Deus rapidamente responde:

- Não. Não irei só acrescentar coisas, mas também irei tirar. Irei tirar seu
orgulho, pois infelizmente para ser reconhecido e homenageado ele terá que
estar morto. Ele também não irá precisar de compaixão, pois ao sair do velório
de seu companheiro, ele terá que voltar ao serviço e cumprir sua missão
normalmente.

- Então ele será uma pessoa fria e cruel? Pergunta o Anjo.

- Certo que não! Responde Deus.

- Ao chegar em casa, deverá esquecer que ficou de frente com a morte, e dar um
abraço carinhoso em seus filhos dizendo que está tudo bem.

- Terá que esquecer os tiros disparados contra seu corpo, ao dar um beijo
apaixonado em sua esposa. Terá que esquecer as ameaças sofridas, ao ficar
desesperado quando o salário não der para pagar as contas no final do mês e
terá que ter muita, mas muita coragem para no dia seguinte, acordar e retornar
ao trabalho, sem saber se irá voltar para casa novamente.

O anjo olha para o modelo e pergunta:

- Além de tudo isso, ele poderá pensar?

- Claro que sim! Responde Deus.

- Poderá investigar, buscar e prender um criminoso em menos tempo que cinco
juízes levam discutindo a legalidade dessa prisão?

- Poderá suportar as cenas de crimes, as portas do inferno, consolar a família
de uma vítima de homicídio e, no outro dia, ler nos periódicos que os policiais
são insensíveis aos Direitos dos Criminosos?

Por fim, o Anjo olha o modelo, lhe passa os dedos pelas pálpebras, e fala para
Deus:

- Tem uma cicatriz, e sai água. Eu te disse que estavas pondo muito nesse
modelo!

- Não é água, são lágrimas? Responde Deus

- E por que lágrimas? Perguntou o Anjo.

Deus responde:

- Por todas as emoções que carrega dentro de si!
- Por um companheiro caído!
- Por um pedaço de pano chamado bandeira!
- E por um sentimento chamado justiça!

- És um gênio! Responde-lhe o Anjo.

Deus o olha, todo sério, e diz:

- Não fui eu quem lhe pus lágrimas!

- Ele chora, porque é simplesmente um homem!

***Dedicação a todos os guerreiros anônimos, que deixam suas casas, famílias,
amigos e sonhos, encarando a morte no combate a criminalidade, garantindo assim a ordem pública e zelando pela nossa segurança, mesmo que isso custe suas próprias vidas!***

Autor: desconhecido


 
everton em 17/04/2011 11:05:00
Poi zé, gente de bem tem que ter um 38 sempre à mão.
 
Hennois D Karanowa em 17/04/2011 08:15:22
Pelo visto houve sim falta de interesse dos policiais no caso, se precisava de autorização do CIOPS, eles deveriam pelo menos ter comunicado a este setor, pra que deslocassem outra viatura, pra atender o caso, mas não quero criticar os policiais , quem merece repudio, são esses vagabundos que cometeram este ato desumano, esses sim precisam ser punidos. Os policiais trabalham sim, e arriscam suas vidas pra nos proteger, enquanto estamos tranquilos em nossas casas, eles estão ralando dia e noite. Merecem nosso respeito, vamos condenar os culpados e não arranjar outros, pra colocar a culpa.
 
PEDRO FELIX em 17/04/2011 02:05:28
Interessante não divulgar o nome e o endereço do carro que estavam os jovens que espancaram o gay. Mas entendi bem, são da classe alta, tem que ter sigiloso, pois se fosse de uma vila distante, aí sim, seria bandidos e covardes.
 
Luiz Carlos Barbosa em 16/04/2011 11:49:15
Esta é a policia que é paga para nos proteger???? Os policiais deveriam ser responsabilizados , afinal somos pagadores de impostos se a policia tem salario e o carro tem comustivel. O problma dos policiais era preguiça????
 
Angelica paiva em 16/04/2011 09:49:15
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions