A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 19 de Agosto de 2019

06/06/2019 09:42

Antes de terminar recapeamento, prefeitura faz revisão da drenagem em avenida

Para as obras no sistema de capitação da água da chuva, meia pista da avenida, entre Tamandaré e a Ernesto Geisel, foi interditada

Anahi Zurutuza
Operários trabalhando na avenida Euler de Azavedo na tarde desta quarta-feira (Foto: PMCG/Divulgação)Operários trabalhando na avenida Euler de Azavedo na tarde desta quarta-feira (Foto: PMCG/Divulgação)

Antes de começar o recapeamento do último trecho da Euler de Azevedo, a Prefeitura de Campo Grande deu início às obras de drenagem. Para revisão e reforço no sistema de capitação da água da chuva, meia pista da avenida, entre Tamandaré e a Ernesto Geisel, foi interditada nesta quarta-feira (5).

De acordo a administração municipal, antes do novo asfalto, serão abertas novas bocas de lobo e implantadas mais tubulações na rede de drenagem. O objetivo é melhorar a capacidade de escoamento da chuva para diminuir a ocorrências de alagamentos na rotatória da Euler de Azevedo com a Ernesto Geisel, local castigado a cada chuva.

O recapeamento será feito em duas pistas numa extensão de 1 km. A prefeitura já trocou o asfalto em 1,6 km, entre as rotatórias com as avenidas Presidente Vargas e Tamandaré.

O investimento total é de R$ 3,7 milhões. A intervenção incluiu além da Euler de Azevedo, a Rua Fernando Noronha, via de 3,7 km – ligação das avenidas Presidente Vargas e Tamandaré; e a Avenida Tamandaré, numa extensão de 4,6 km, da Júlio de Castilho até a Rua Teodoro Roosevelt.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions