A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 23 de Abril de 2019

18/12/2018 10:10

Aplicativo de celular vai ajudar Polícia Rodoviária a monitorar estradas

Todas as informações repassadas por motoristas irão para o Centro de Comando e Controle da Polícia Militar Rodoviária, inaugurado nesta manhã em Campo Grande

Geisy Garnes e Bruna Kaspary
Central de Monitoramento começa a funcionar hoje em Campo Grande (Foto: Bruna Kaspary)Central de Monitoramento começa a funcionar hoje em Campo Grande (Foto: Bruna Kaspary)

A partir desta terça-feira (18), o motorista que passar pelas rodovias estaduais de Mato Grosso do Sul conseguirá denunciar roubos, avisar sobre acidentes, enviar fotos de problemas na pista e até acompanhar a solução de cada ocorrência por um aplicativo de celular. As informações ajudarão a Polícia Militar Rodoviária a monitorar e reforçar o atendimento nas estradas do Estado.

O lançamento do “Roda Viva- PMR-MS” aconteceu na manhã desta terça-feira (18), junto com a inauguração do Centro de Comando e Controle da Polícia Militar Rodoviária em Campo Grande. O aplicativo poderá ser usado pelos motoristas através dos sistemas Android e IOS, de forma gratuita.

Pelo celular, o usuário conseguirá comunicar acidentes, enviar fotos e detalhar a posição geográfica da ocorrência. Além disso, o aplicativo permitirá a notificação de problemas na pista e até o alerta de roubos a veículos antes mesmo do registro do boletim de ocorrência nas delegacias.

Todas as informações repassadas através no Roda Viva - PMR-MS serão enviadas ao Centro de Comando e voltarão para as equipes mais próximas aos locais indicados. Para isso, cada viatura será equipada com GPS (Sistema de Posicionamento Global) e também um tablet, que exibirá em tempo real imagens de novas câmeras instaladas ao longo das estradas.

Até o momento, duas câmeras foram instaladas na MS-164 - uma das principais rotas de acesso a Ponta Porã - no distrito de Vista Alegre, região de Maracaju. Ali, os equipamentos irão monitorar o fluxo de veículos, as placas e até fazer reconhecimento facial.

“A central vai ser um reforço na fiscalização e um apoio aos policiais que já estão na rua, mandando as informações as equipes que estão mais próximas para agilizar o atendimento aos usuários das rodovias”, explicou o secretário Antônio Carlos Videira, da Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública de Mato Grosso do Sul).

Nos próximos meses, a expectativa é ampliar o fiscalização de novas centrais devem ser instaladas em outros dois municípios: Amandina, distrito de Ivinhema e Amambai. “Em Amambai teremos mais dificuldade por conta da internet. Vamos precisar do apoio das concessionárias de telefonia, para facilitar as ações. Com acesso a internet o projeto fica mais barato”.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions