A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

09/08/2016 16:47

Após 2 meses, polícia ainda não tem suspeito de matar idoso com barra de ferro

Guilherme Henri
Vítima foi encontrada morta por sua esposa em uma residência no bairro Tijuca (Foto: Marcos Ermínio)Vítima foi encontrada morta por sua esposa em uma residência no bairro Tijuca (Foto: Marcos Ermínio)

Após dois meses do assassinato de Rubens Alegria, de 74 anos a Polícia Civil ainda não tem suspeito de cometer o crime. A informação é do delegado que investigado o caso Reginaldo Salomão da Derf (Delegacia Especializada em Repressão aos Crimes de Roubos e Furtos de Veículos) que ao Campo Grande News afirmou que as investigações continuam.

O corpo do idoso foi encontrado no dia 6 de junho, por sua esposa, em uma residência localizada na Avenida Gunter Hans, no Bairro Tijuca, próximo do Terminal de Transbordo Aero Rancho. Além do assassinato o veículo da vítima ainda foi roubado.

A mulher da vítima contou à polícia que Rubens Alegria morava em Campo Grande, mas ia visitá-la sempre aos finais de semana em Bela Vista – a 322 quilômetros de Capital. Como não apareceu, ela veio à Capital e acabou encontrando o corpo.

Rubens estava com o crânio afundado, pois foi assassinado a golpes de barra de ferro. Seu corpo exalava forte odor e o caso é investigado como latrocínio.

 

Renegociação de dívidas com a Águas Guariroba segue sendo realizada
Vai até o dia 29 deste mês a campanha "Fique em Dia", realizada pela Águas Guariroba para renegociar as dívidas que os consumidores têm com a empresa...
Com inspiração japonesa, luzes vão iluminar compras no Centro
Iluminação especial passa a ser adotada, nesta quarta-feira (13), na região central de Campo Grande. Dezesseis estruturas de alumínio, com lâmpadas d...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions