A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

09/11/2014 15:32

Após a prova, participantes do Enem se preocupam com a volta de ônibus

Priscilla Peres e Kleber Clajus
Número de alunos que foram de ônibus para a prova é grande. (Foto: Marcelo Calazans)Número de alunos que foram de ônibus para a prova é grande. (Foto: Marcelo Calazans)

Após terminar o segundo dia de prova do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), a preocupação de muitos participantes é a volta para a casa de ônibus, já que por ser domingo a frota fica reduzidae a espera parece não ter fim. Como a saída é por fases, os ônibus e terminais estão mais vazios que no fim da manhã.

O jovem Douglas Ross, 19, mora no bairro Parati e levou duas horas para chegar no terminal Hércules Maymone de ônibus, na manhã de hoje. "Perdi dois ônibus mas cheguei às 11h. Ontem estava tão lotado que desci a pé do Comper da avenida Zahran até a escola e cheguei um minuto antes do portão fechar", disse.

Douglas conta que não gostou nada do tema da redação, fez um ano de cursinho e a jornada de ônibus hoje foi difícil, mas conseguiu chegar a tempo. Ele participa pela primeira vezes do Enem e pretende cursar engenharia elétrica na universidade federal.

Já Emilly Gomes, 19, tem a opção de pegar duas linhas de ônibus para voltar pra casa no bairro Tiradentes. A prova dela foi na Uniderp e pra não chegar atrasada ela foi a pé do terminal Hércules até a universidade, para garantir a antecedência de 30 minutos. A prova hoje não foi para curso superior, mas sim eliminar matérias no EJA (Educação de Jovens e Adultos) do Ensino Médio.

O eletricista Izaias de Carvalho, 37, disse que a sorte vai determinar o tempo de retorno até sua casa no Jardim Campo Alto na saída para São Paulo. Ele saiu de casa às 9h40 e chegou por volta das 11h20 no local da prova. Para ele a prova de hoje foi "razoável, pra mim deu pro gasto".

De acordo com a Assetur (Associação das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Campo Grande), todos os domingo a frota de ônibus é reduzida para 60% do total, mas hoje opera com 80% da capacidade nos horário de entrada e saída dos alunos na prova.

Durante discussão, adolescente de 17 anos é esfaqueado pelo amigo
Um jovem de 17 anos foi levado em estado grave para a Santa Casa após ser esfaqueado na noite deste sábado, na frente da casa em que mora no Bairro G...
Após furtar obra, ladrão é capturado por moradores e ferido a tiros
Marcio Estacio Duarte Teixeira, de 31 anos, foi socorrido a Santa Casa de Campo Grande após ser atingido por dois tiros na madrugada deste domingo (1...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions