A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

07/02/2014 11:37

Após cancelar reunião, Bernal diz que conversará com Santa Casa semana que vem

Aliny Mary Dias e Leonardo Rocha

Depois de cancelar a reunião entre a diretoria da Santa Casa e o MPE (Ministério Público Estadual), o prefeito Alcides Bernal (PP) afirmou que só adiou o encontro porque tinha outra agenda marcada.

Bernal disse durante agenda pública no Auditório da Governadoria, onde o governo repassou R$ 13,4 milhões em recursos voltados a assistência social aos 79 municípios do Estado, que irá se reunir com a Santa Casa na próxima semana.

“Não pude recebê-los na prefeitura porque já havia confirmado a minha presença no evento do governador, representando Campo Grande", justificou o prefeito.

Nove meses – A reunião entre a Santa Casa e o prefeito é uma luta antiga do presidente da ABCG (Associação Beneficente de Campo Grande), Wilson Teslenco. Desde que a intervenção acabou no hospital, há 9 meses, uma conversa com o prefeito é tentada.

A diretoria do hospital compareceu em peso ao encontro, considerado fundamental para solucionar o problema da instituição. Esta seria a primeira reunião desde o fim da intervenção, em maio do ano passado.

A Santa Casa é considerada fundamental para solucionar o problema no atendimento de emergência na saúde pública de Campo Grande. Pacientes em estado gravíssimo estão sendo internados em alas improvisadas em centros regionais de saúde e nas UPAs (Unidades de Pronto Atendimento).

Segundo o presidente da Associação Beneficente de Campo Grande, Wilson Teslenco, são R$ 14,7 milhões retidos pela prefeitura. O principal é a retomada da obra do Hospital do Trauma, que depende da renovação do convênio com o Ministério da Saúde e precisa da liberação de R$ 3,1 milhões.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions