A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 20 de Setembro de 2017

10/09/2017 09:12

Após golpe, Sejusp vai contratar digitadores para dar fim à 'fila do RG'

Estelionato no agendamento eletrônico prejudicou serviço e 15 mil aguardam para pegar documento de identidade.

Anahi Gurgel
Fachada do posto de identificação localizado no Pátio Central, em Campo Grande. (Foto: Marina Pacheco)Fachada do posto de identificação localizado no Pátio Central, em Campo Grande. (Foto: Marina Pacheco)

Descoberta em agosto, uma fraude no agendamento eletrônico para emissão do documento de identidade em Campo Grande ainda vem 'tirando o sono' das autoridades em segurança pública de Mato Grosso do Sul.

A trapaça prejudicou o serviço e, atualmente, cerca de 15 mil pessoas aguardam para receber o documento, numa espera que pode levar no mínimo dois meses.

Para normalizar a situação, a Sejusp (Secretaria Estadual de Justiça e Segurança Pública) abriu processo para contratação de 40 novos digitadores, que deverão iniciar o trabalho ja no mês de novembro. Confira o edital

"Com esse reforço, conseguiremos emitir mil documentos a mais, a cada mês. A fila de espera deve ser eliminada até dezembro", espera Jucilene Correa Menezes, diretora da Coordenadoria Geral de Perícias. 

Fraude - O caso foi registrado no dia 11 do mês passado, mas o crime era praticado pelo casal Gildásio Amaral de Almeida e Luciana Idelidia de Jesus Gomes desde janeiro deste ano.

Utilizando nomes falsos, eles faziam agendamentos eletrônicos nas datas e horários disponíveis do site da Sejusp e depois cobravam das pessoas que não conseguiam ter acesso ao serviço.

Não se sabe o quanto foi "arrecadado" nesse período, mas o casal fazia cerca de 4 agendamentos por dia, cobrando de R$ 25 a R$ 50 cada, conforme a urgência da vítima em obter o RG.

"Difícil mensurar o prejuízo, mas passa de 500 o número de agendamentos perdidos, que eles não conseguiram vender e que também não foram utilizados pela população", explica Jucilene. 

Como ele monopolizava todos os horários, as pessoas não conseguiam fazer o cadastro pelo site, que fica indisponível quando as solicitações chegam no limite, aumentando cada vez mais a fila de espera.

"Percebemos um grande crescimento de pedidos de emissão do RG nos últimos meses. Somado a esse esquema fraudulento, que prejudicou significamente o serviço, muitos servidores se aposentaram e as vagas não foram repostas", pontua.

Atualmente, são emitidos mais de 13 mil documentos de identidade por mês, em todo Mato Grosso do Sul. A demanda só aumenta, segundo a diretora, porque também está mais rigorosa a exigência de RGs atuais por órgãos como Detran e Receita Federal, devido aos riscos de fraudes.

Site da Sejusp, onde é feito agendamento para emissão de RG. Serviço é totalmente gratuito. (Foto: Gilson Rocha)Site da Sejusp, onde é feito agendamento para emissão de RG. Serviço é totalmente gratuito. (Foto: Gilson Rocha)

Correndo atrás do prejuízo - Outra medida, é controlar o sistema de agendamentos eletrônicos, pois quando o número de solicitações chega no limite, automaticamente o serviço para o mês vigente fica indisponível ao cidadão.

"Na página da Sejusp não há nenhum comunicado oficial sobre essa suspensão temporária e quando a pessoa tentar marcar, só aparecem datas e horários disponíveis para 2018. Estamos remodelando o sistema para informar que haverá vagas nos meses seguintes", alerta a diretora.

Por isso, muita gente acabou aceitando os serviços dos estelionatários. "Também já foi solicitado que os campos da guia para o agendamento sejam mais simples, para que qualquer pessoa tenha acesso, até aquela que não tem muita familiaridade com a tecnologia", adianta.

Agendamentos - A solicitação para emissão de RG pode ser feita pela internet em 12 municípios do estado: Aquidauana, Corumbá, Coxim, Costa Rica, Dourados, Fátima do Sul, Jardim, Naviraí, Nova Andradina, Paranaíba, Ponta Porã e Três Lagoas. Em todos os outros, o atendimento é presencial. A primeira via da carteira de identidade é gratuita. A segunda via tem custo equivalente a 4 Uferms, que atualmente é de R$95,72.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions