ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MARÇO, SEXTA  01    CAMPO GRANDE 30º

Capital

Após manhã de trabalho, Defesa Civil diz que buraco perto de presídio é poço

Buraco foi encontrado por morador que faria uma reforma no banheiro do barraco

Ana Paula Chuva e Dayene Paz | 13/10/2022 12:51
Buraco encontrado por morador dentro do barraco na manhã de hoje. (Foto: Dayene Paz)
Buraco encontrado por morador dentro do barraco na manhã de hoje. (Foto: Dayene Paz)

Após uma manhã intensa de trabalhos para descobrir se o buraco encontrado dentro de um barraco no Bairro Jardim Noroeste, em Campo Grande, a Defesa Civil Municipal concluiu que se tratava de um poço que começou a ser cavado e acabou sendo exposto por conta das chuvas que atingiram a região.

O buraco foi encontrado na manhã desta quinta-feira (13), pelo morador do barraco que faria uma reforma no banheiro do local, mas ao furar o solo se deparou com o possível túnel e acabou acionando a Polícia Militar.

Equipe de Defesa Civil esteve no local e constatou que o buraco foi cavado para um possível poço e era possível ver as brocas no local, porém, com as chuvas fortes que atingiram a Capital, a primeira cobertura foi rompida e deixou o buraco exposto.

“Vamos esperar ele cobrir o buraco para que ninguém se machuque. Não há risco de outros buracos”, explicou o cabo Abrão da Defesa Civil.

Ao Campo Grande News, Cleyton Souto de Souza, 35 anos, contou que o barraco é improvisado e que ficou muito assustado quando viu o buraco e tinha certeza que se tratava de um túnel, já que a casa fica próxima ao complexo penitenciário da Capital, mas que está aliviado em saber que se trata de um poço.

“Eu fiquei muito assustado, nem entrei para ver. Vi que a parede tava arrumadinha e chamei a polícia. Agora tô aliviado”, declarou o morador do barraco.

Já o delegado plantonista Daniel Luz, explicou que a Polícia Civil vai esperar o laudo da Perícia para saber do que se trata o buraco, no entanto, afirmou que não há continuidade após os 5 metros de profundidade que indiquem se tratar de um túnel para fuga de presos.

“Não há resquício de fezes e não tem continuidade. É um buraco que foi cavado e vamos esperar o laudo da perícia para concluir as investigações”, disse à imprensa.

Nos siga no Google Notícias