ACOMPANHE-NOS    
MAIO, SEXTA  27    CAMPO GRANDE 26º

Capital

Após pouco mais de um ano, MS chega hoje a 5 milhões de doses aplicadas

Até o momento foram aplicadas 5.002.031 doses do imunizante, sendo 1.625.595 na Capital

Por Mirian Machado | 26/01/2022 14:28
Vacinômetro no site da Secretaria Estadual de Saúde. (Reprodução)
Vacinômetro no site da Secretaria Estadual de Saúde. (Reprodução)

Hoje, quarta-feira, 26 de janeiro de 2022, exatamente um ano e oito dias da chegada da vacina contra a covid-19 em Mato Grosso do Sul, o Estado atinge 5 milhões de doses do imunizante aplicadas. O número de imunizantes aplicados é de se comemorar por ser esperança diante a doença que já matou quase 10 mil sul-mato-grossenses.

Segundo consta o vacinômetro, no site da Secretaria Estadual de Saúde, foram até o momento aplicadas 5002.031 doses, sendo 2.082.107 primeira dose, 1.821.296 segunda dose e 256.839 dose única.

Pessoa recebendo dose contra covid em Campo Grande. (Foto: Kisie Ainoã)
Pessoa recebendo dose contra covid em Campo Grande. (Foto: Kisie Ainoã)

Destes, 1.625.595 foram imunizados na Capital. Foram 648.215 vacinados com a primeira dose contra a doença e 645.260 com a segunda ou dose única. Com a terceira dose foram 295.217 e com a quarta dose 903. Só nesta quarta-feira (26), segundo vacinômetro da prefeitura, em Campo Grande foram vacinados 1.459 pessoas.

A esperança de voltar a normalidade chegou ainda mais perto com a chegada das remessas de vacinas para crianças. Só na primeira remessa Campo Grande recebeu 4.310 doses e deste então vem vacinando crianças cadastradas no site http:vacina.campogrande.ms.gov.br.

A festa com a chegada dos imunizantes em 18 de janeiro do ano passado se misturou, nas semanas seguintes, com as denúncias de pessoas que teriam furado a fila da vacinação e recebido doses antes de idosos e profissionais de saúde, que era o público prioritário.

A idosa Domingas da Silva, de 92 anos, moradora da Aldeia Tereré, em Sidrolândia, foi a primeira pessoa a receber a vacina no braço no Estado. No mesmo dia 18, assim que a carga de vacinas chegou ao Aeroporto de Campo Grande, saiu rumo do Hospital Regional, onde a indígena e mais duas pessoas contempladas, na época, receberam as primeiras doses.

Nos siga no Google Notícias