ACOMPANHE-NOS    
MAIO, SEXTA  27    CAMPO GRANDE 29º

Cidades

MS tem 33 mil doses de Coronavac para crianças e espera demanda de cidades

Conforme cada calendário vacinal, municípios informarão quantas doses da vacina anticovid são necessárias

Por Guilherme Correia | 26/01/2022 10:09
Frasco de vacina contra a covid-19, da Coronavac, permitida também a crianças de seis a 17 anos. (Foto: Marcos Maluf)
Frasco de vacina contra a covid-19, da Coronavac, permitida também a crianças de seis a 17 anos. (Foto: Marcos Maluf)

Cerca de 33 mil vacinas pediátricas contra a covid-19, da Coronavac, chegaram na terça-feira (25), em Mato Grosso do Sul, e serão distribuídas conforme solicitação dos municípios, a partir da demanda notificada. Elas foram produzidas pelo Instituto Butantan, adquiridas pela União e encaminhadas aos estados pelo Ministério da Saúde.

Além disso, a SES (Secretaria Estadual de Saúde) já começou distribuição, a partir da manhã desta quarta-feira (26), de 26,5 mil doses de vacinas pediátricas da Pfizer - estas que chegaram por volta das 7h35, no Aeroporto Internacional de Campo Grande, e foram encaminhadas para a Ceve (Coordenadoria Estadual de Vigilância Epidemiológica).

A pasta já havia encaminhado 13.620 doses desta patente, que estavam em estoque, para vacinar crianças e adolescentes entre seis e 17 anos. Até agora, ao menos 4,4 mil crianças já foram vacinadas com a primeira dose desta vacina.

Campanha - Desde o início desta fase da campanha de vacinação, o Estado já recebeu 63,1 mil imunizantes pediátricos da Pfizer e, até o momento, ao menos 20,3 mil crianças, entre cinco a 11 anos, receberam a primeira dose desta vacina.

Conforme estimativa do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), há pelo menos 301 mil crianças nesta faixa etária.

Os imunizantes foram aprovados pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), também neste grupo, por cumprirem critérios de segurança e eficácia.

O aval foi feito em 20 de dezembro do ano passado, mas o Ministério da Saúde demorou algumas semanas para incluir o fármaco no PNI (Plano Nacional de Imunizações), após compra realizada pela União.

Já as doses de Coronavac tiveram liberação feita nos últimos dias e, por isso, foram aplicadas em menor quantidade, até agora - cerca de 4,4 mil crianças. Desta forma, estima-se que cerca de 8,2% do público entre cinco e 11 anos, tenha recebido o primeiro imunizante.

Nos siga no Google Notícias