ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, TERÇA  26    CAMPO GRANDE 28º

Capital

Aprovados em concurso da Guarda prometem fechar Afonso Pena hoje

Por Graziela Rezende | 06/12/2013 08:16

A poucos dias da data final de convocação, os aprovados no Concurso da Guarda Municipal prometem realizar protesto em frente a Prefeitura e “trancar” a Avenida Afonso Pena, em Campo Grande, na tarde desta sexta-feira (6). São 80 homens aprovados no concurso de 2009, que já realizaram a academia e mesmo assim não assumiram o cargo.

“Chamaram os 600 primeiros colocados e o restante em 2011. Fizemos a academia e na época o antigo prefeito Nelsinho Trad (PMDB), nos garantiu que chamava todo mundo até o final do seu mandato. Ele saiu, entrou o Alcides Bernal (PP), que já nos recebeu em um primeiro protesto e garantiu que resolveria a nossa situação”, diz William Moreira Lima, 25 anos.

No entanto, Lima conta que a categoria “pressionou” o comandante da Guarda Municipal, Jonys Cabrera Lopes , e este teria dito, após reunião a “portas fechadas” com o prefeito, que ninguém mais seria chamado. “Entramos com um mandado de segurança, o Ministério Público se posicionou favorável e então eles não podem fazer isso conosco”, argumenta Lima.

Hoje, por volta das 14h, eles estarão com faixas, cartazes e exigirão a presença do chefe do executivo. “Se o prefeito não aparecer, vamos acampar ali até uma resposta. Eu sou pai de família, pedi as contas do meu trabalho para fazer a academia, por conta do horário das aulas e tudo será jogado fora?”, questiona Lima.

Segundo a assessoria de imprensa da Prefeitura, os aprovados no concurso ainda não são considerados guardas municipais e sim remanescentes. Conforme o edital na época, as vagas foram preenchidas e, dois anos depois, estes últimos foram chamados pelo antigo prefeito para a realização do curso.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário